Viés de retrospectiva: Entenda o que é e como funciona

Quantas vezes você não pensou “eu sabia que isso ia acontecer” como se estivesse prevendo aquele acontecimento? Esse sentimento é chamado de viés de retrospectiva. O viés de retrospectiva consiste na tendência humana a reinterpretar as situações, descrevendo-as antes ou durante o seu desenvolvimento. Ou seja, na prática, isso ocorre quando os indivíduos tendem a prever os fatos de acordo com suas experiências.

Por exemplo, em situações comuns como o término de um relacionamento, se o indivíduo já foi traído, na maioria das vezes ele utiliza frases como “eu já sabia que aquela pessoa ia me trair” “com certeza tudo o que ele (a) me falava era mentira”.

Dessa maneira, o viés de retrospectiva costuma surgir com mais frequência quando aquela previsão tem consequências negativas. Como perder um emprego, chegada de eventos globais negativos, entre outros. 

Nossa mente tem a possibilidade de nos enganar com pensamentos de previsões, o que traz a sensação de controle sobre a realidade. Contudo, a confiança em excesso pode acabar prejudicando o seu desempenho no futuro, seja em provas, trabalhos, palestras ou qualquer outra atividade que requer preparação.

Leia também: Diário emocional: Os benefícios para a saúde mental

comer bem e cuidar da mente

Como evitar que o viés de retrospectiva seja algo negativo

Para se proteger do viés de retrospectiva, uma ótima alternativa é escrever suas decisões em um diário. Desse modo, se você está prestes a tomar uma decisão, opte por escrever o processo que o levou a tomá-la, incluindo os motivos e perspectivas.

Por fim, no final de suas anotações escreva uma frase pequena, que sintetize o principal motivo de sua decisão. Assim, antes de colocá-la em prática, você perceberá se há falhas no seu raciocínio. Além disso, no futuro você terá o histórico real do que poderia ou não acontecer.

Leia também: Como ser organizado impacta na saúde mental e emocional

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo