Tipos de gorduras do corpo

Indesejada por muitos, todos os tipos de gorduras do corpo são essenciais para o bom funcionamento do organismo. O que pouca gente sabe é que nem toda gordura é criada da mesma forma. 

Na verdade, existem três tipos de gorduras do corpo, que são estocadas de maneiras diferentes, e tem preferência quando se trata de armazenar as reservas de gordura quando você perde peso.

Branca e marrom são os dois principais tipos de gorduras do corpo, mas os cientistas também identificaram mais recentemente um terceiro tipo, chamado de gordura bege.

Gordura branca

Também conhecida como tecido adiposo branco, é o tipo de gordura que a maioria de nós pensa quando se fala em gordura corporal. É uma gordura armazenada, o que significa que, quando consumimos excesso de calorias, essa energia extra vai para os glóbulos brancos do corpo e é armazenada como lipídios. Essas células adiposas aumentam de tamanho e número com o tempo, à medida que você consome mais calorias do que queima, o que leva ao ganho de peso.

Gordura marrom

O tecido adiposo marrom é um tipo de gordura que é ativada quando você fica com frio. A gordura marrom usa energia (queima calorias) para gerar calor (termogênese), o que ajuda a manter a temperatura do corpo.

Surpreendentemente, descobriu-se que indivíduos mais magros apresentam mais gordura marrom do que aqueles que são obesos. A gordura marrom envolve órgãos, artérias e veias principais e, às vezes, pode ser encontrada no pescoço e nas axilas, entre as omoplatas e no abdômen.

Leia também: Sedentarismo: O que fazer para não ser mais uma vítima

Gordura bege

Como a gordura marrom, a gordura bege está ligada a um peso saudável. Esse tipo de gordura é espalhada em depósitos do tamanho de ervilhas sob a pele, perto da clavícula e ao longo da coluna, de acordo com a Harvard Medical School. Embora seja geneticamente distinta da gordura marrom, a gordura bege também queima calorias para gerar calor corporal.

Alguns estudos mostraram que os hormônios liberados durante o exercício, estresse extremo ou tempo gasto no frio podem transformar a gordura branca em bege ou marrom. No entanto, a maioria dos estudos foi pequena ou realizada apenas em animais. Portanto, são necessárias mais pesquisas para entender melhor a gordura bege e a marrom.

Faça sua avaliação de peso, descubra seu peso ideal e aprenda a emagrecer (emagreça com o Tecnonutri) com a Low Carb. Clique para saber mais

Outras classificações 

As gorduras branca, marrom e bege podem ser ainda mais divididas em gordura macia e dura.

A gordura macia, também conhecida como gordura subcutânea, é o tipo que você pode beliscar e, de acordo com a Harvard Health Publishing, 90% da gordura corporal na maioria das pessoas é do tipo macio. Ela está localizado logo abaixo da pele e atua como isolamento e fonte de energia para o corpo. É uma combinação de gordura branca, marrom e bege.

A gordura subcutânea produz moléculas benéficas, como o hormônio leptina, que envia sinais ao cérebro para inibir a fome. A adiponectina é outro hormônio produzido pela gordura macia que melhora a sensibilidade do corpo à insulina e protege contra o diabetes tipo 2. Obviamente, muita gordura branca faz com que os níveis hormonais desequilibrem.

A gordura visceral ou gordura da barriga dura está localizada no fundo do abdômen e envolvida em torno dos órgãos, artérias e veias, segundo a Harvard Health Publishing. A gordura dura é evidente quando a barriga se projeta para a frente e não é mole. Devido à produção de certas proteínas, essa gordura está ligada à resistência à insulina, pressão alta e colesterol alto, além de doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e certos tipos de câncer.

A gordura essencial é a gordura essencial para a saúde, necessária para o funcionamento normal do corpo e não considerada uma gordura armazenada. Regula os hormônios que controlam a fertilidade, a absorção de vitaminas e a temperatura corporal, e é encontrado na medula óssea, coração, pulmões, fígado, baço, rins, intestinos, músculos e tecidos ricos em lipídios em todo o sistema nervoso central.

No geral, uma faixa de gordura corporal saudável para homens é de 18 a 24%, e para as mulheres é de 25 a 31%.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.