Temperos que aceleram a queima de gordura

Além de deixar a comida mais saborosa, temperos como pimenta, canela, gengibre e semente de mostarda são considerados alimentos termogênicos. Eles “obrigam” o organismo a gastar mais energia durante a digestão e, assim, favorecem a queima de gordura

O metabolismo deve funcionar bem para que o que foi consumido seja digerido, os nutrientes, absorvidos e, também, utilizados como energia. Caso contrário, a queima de gordura e o acúmulo de energia na forma de gordura ficam desregulados.

“A prática de atividade física regular e uma alimentação saudável são fundamentais para a queima de gordura corporal. Mas, existem sim alguns condimentos que podemos dizer que são auxiliares nesse processo”, explica Ana Paula Santos, nutricionista da Santa Casa de Misericórdia de Tatuí (SP).

“Esses alimentos atuam acelerando o metabolismo com ação diurética, antioxidante ou nos mantém saciados por mais tempo ou, ainda, atuam no bom funcionamento intestinal”, esclarece.

Conheça os principais temperos que podem ajudar no processo de queima de gordura:

Pimenta dedo-de-moça

É uma das especiarias mais comuns no Brasil e, também, uma das mais potentes no combate às gordurinhas. Ela inibe a formação de novos depósitos de gordura, especialmente na região abdominal, segundo um estudo sul-coreano publicado na revista científica Journal of Agricultural and Food Chemistry. O mérito é da capsaicina, o mesmo componente que dá o sabor ardido ao tempero. 

Canela

A canela acelera o metabolismo e a queima de gordura. Pode ser usada em pó ou em pau. Dá para consumir não só em receitas típicas como arroz doce e bolo de maçã (que podem ter a versão fit), mas também pode estar em pratos salgados como quibe e almôndegas.

Leia também: Benefícios da canela

Cúrcuma

Também conhecido como açafrão-da-terra, este tempero é da família do gengibre, tendo, além da ação termogênica, o benefício de ser anti-inflamatório e auxiliar na digestão. É uma especiaria para dar aquele toque especial em inúmeras receitas do cotidiano, como arroz, frango, sopa de lentilha ou panqueca de aveia.

Gengibre

É tão eficiente como a pimenta para aumentar o gasto energético. Além disso, melhora a digestão. Ralado ou fatiado, pode ser adicionado a sopas, saladas, sucos ou até ingerido puro. 

Mostarda

A mostarda natural, sem conservantes ou açúcar, é excelente para a saúde e para a manutenção do peso. Também contém capsaicina, que acelera o metabolismo. Assim, o corpo passa a gastar mais energia em repouso.

Cardamomo

O tempero carrega um pouco de melatonina que, por sua vez, foi apontada como um dos hormônios que ajudam a regular o peso. De acordo com um estudo publicado no periódico norte-americano Journal of Pineal Research, isso acontece porque esse hormônio estimula a aparecimento da gordura branca, tipo de célula que queima calorias em vez de estocá-la. Dá para incluir a especiaria em pães, bolos e carnes.

Semente de chia

A chia pode ser adicionada a saladas, enriquecer o arroz e vai bem até na massa da tapioca. Além de ação termogênica, possui fibras para o controle da glicemia, do colesterol e até da pressão arterial.

Salsa

A salsa possui substâncias que auxiliam na digestão e eliminam as toxinas do organismo, auxiliando no emagrecimento. Além disso, ela também possui efeito diurético e combate a formação de gases e o inchaço, sintomas que causam desconforto na região abdominal.

Outras práticas que aceleram o metabolismo

  • Beber de uma a três xícaras de chá verde por dia;
  • Tomar um copo (250 ml) de água gelada antes das refeições;
  • Usar vinagre de maçã para temperar a salada.

Leia também: 8 alimentos termogênicos que são aliados da dieta low carb (conheça a Low Carb do Tecnonutri)

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.