fbpx

Maneiras de aumentar naturalmente a serotonina no corpo

Provavelmente você já ouviu falar sobre a serotonina, um neurotransmissor cerebral que está associado a um melhor humor e bem-estar geral. E é tentador pensar em como aumentá-la, já que aparentemente é isso que faz você mais feliz.

No entanto, a serotonina oferece alguns benefícios adicionais para sua saúde. Além de ajudar a regular o humor, ela também é necessária para habilidades motoras e funcionamento cognitivo, além de regular a pressão sanguínea, a frequência cardíaca e o sistema de digestão. 

Existem várias maneiras de aumentar naturalmente seus níveis de serotonina. Continue lendo para ver quais são:

Ajuste sua dieta

Dependendo do que você come, você pode reabastecer a serotonina no seu cérebro – ou esgotá-la. A dieta mediterrânea, por exemplo, foi apontada como uma das mais benéficas para aumentar a felicidade, porque as gorduras ômega-3, vitamina B12, zinco, magnésio e ferro aumentam a saúde do cérebro enquanto diminuem a inflamação.

Leia também: Dieta mediterrânea: Saiba como fazer e os benefícios para a saúde

Durma bem

Pessoas deprimidas ou com outros problemas de saúde mental geralmente não dormem o suficiente ou dormem demais, e isso pode afetar a capacidade do seu corpo de usar ou produzir serotonina. Um estudo realizado em ratos descobriu que a privação crônica de sono pode afetar os receptores do neurotransmissor no cérebro, tornando-os menos sensíveis a seus efeitos. Para não arriscar, procure ter entre sete e oito horas de sono por noite.

Tome suplemento de vitamina D

Vários estudos relacionaram deficiências de vitamina D com condições de saúde mental. Tal vitamina, juntamente com os ácidos graxos ômega-3, ajuda a facilitar a produção de serotonina. Converse com seu médico para ver se vale a pena considerar um suplemento de vitamina D.

Dê um passeio ao sol

Uma maneira de obter vitamina D suficiente é passar algum tempo ao ar livre, razão pela qual muitas pessoas tendem a sentir uma queda de humor durante os meses de inverno. Se você estiver se sentindo mal, tente priorizar as caminhadas para aumentar a quantidade de vitamina D que está recebendo, o que, por sua vez, pode ajudar a aumentar seus níveis de serotonina.

Tome medidas para diminuir o estresse

Não é surpresa que o estresse mexe totalmente com sua serotonina. O estresse é uma condição inflamatória crônica tanto no cérebro quanto no próprio corpo, e isso pode resultar indiretamente em danos aos neurônios que produzem serotonina ou nas outras partes do cérebro envolvidas e nas vias serotonínicas que fazem o sistema funcionar com menos eficácia. Priorizar o autocuidado, a terapia e outras táticas de redução do estresse pode ajudar bastante a melhorar a saúde. 

Leia também: Qual é a diferença entre estar ansioso e ter ansiedade?

Revisado por

Vanessa Losano
Vanessa Losano - Nutricionista CRN3 34283
Nutricionista e coach de emagrecimento, saúde e bem-estar. Foco profissional em emagrecimento, lowcarb e doenças crônicas não transmissíveis. Atua na empresa tech fit e atende em consultório, além de ministrar cursos e palestras na área. Possui cursos de atualização em Lowcarb, Fitoterapia, Avaliação Antropométrica e Nutrição Esportiva.
 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.