Semente de sucupira: propriedades e benefícios da semente brasileira

A semente de sucupira, uma grande árvore nativa do Cerrado, é cheia de benefícios para a saúde. Também chamada de Cutiúba, suas sementes são muito utilizadas na fabricação de remédios caseiros. As sementes, bem como seus frutos, são ricos em isoflavonas e triterpenos. Respectivamente, a isoflavona é excelente no combate dos sintomas da menopausa e possui atividade neuroprotetora e cardioproterora. Também, o triterpeno é um carotenoide, portanto, possui ação antioxidante. 

Benefícios da semente de sucupira

Tratamento de artrite

As sementes são especialmente conhecidas por diminuir a inflamação nas articulações e, por isso, é utilizada para tratar artrite, artrose, reumatismo e artrite reumatoide.

Combate dores

Além de beneficiar as articulações e prevenir problemas e dores nelas, as sementes previnem e combatem outras dores. Isso deve-se especialmente ao seu potencial anti-inflamatório. Sendo assim, as sementes ajudam no combate desde dores de cabeça até dores nas articulações.

Leia também: 7 alimentos anti-inflamatórios que você deve ter sempre à mão

Boa para a voz

Ainda, a semente de sucupira ajuda no tratamento de amigdalite, visto que protege a saúde da garganta e aliviam dores de garganta. 

Facilita a cicatrização

Também, a pele também se beneficia do consumo da semente. Dessa maneira, o processo de cicatrização é facilitado devido às suas propriedades e, não só, pode também facilitar o tratamento de eczemas, cravos e mais rapidamente estancar sangramentos.

Como consumir

Facilmente encontradas à venda em mercados e lojas de produtos naturais, podem ser consumidas de algumas maneiras:

  • Chá;
  • Óleo;
  • Extrato;
  • Tintura.

Também, é possível encontrar a concentração de suas propriedades na forma de cápsulas para suplementação.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo