Ruibarbo: Benefícios da planta medicinal asiática

Você pode não conhecer o ruibarbo, afinal, ele é pouco popular no Brasil. Entretanto, essa planta medicinal de origem asiática é rica em propriedades fitoterápicas, vitaminas (especialmente a vitamina A) e minerais, a exemplo do potássio

Benefícios do ruibarbo

Combate a constipação

O ruibarbo é principalmente usado no tratamento da prisão de ventre, também chamada de constipação. Ou seja, devido ao seu efeito laxante, ele facilita o trânsito intestinal, especialmente por ser rico em fibras. É também devido à abundância em fibras que ajuda na sensação de saciedade, sendo assim, é um aliado de quem busca perder peso.

Pele jovem e saudável

Rica em vitamina A, a planta ajuda a evitar inflamações em todo o organismo, inclusive na pele. Na pele, inflamações tendem a causar o aparecimento de acne. Dessa forma, o consumo de ruibarbo ajuda a prevenir espinhas, bem como o estresse oxidativo, decorrente da ação de radicais livres. O estresse oxidativo provoca o envelhecimento precoce da pele – aparecimento de rugas e linhas de expressão. 

Leia mais: Aposte na vitamina A para tratar acne. Saiba mais

Protege a saúde do coração 

O potássio é um mineral muito importante para a saúde do coração, especialmente no que diz respeito à circulação do sangue. Nesse sentido, a planta que contém grande quantidade desse mineral em sua composição, portanto, ajuda a proteger a saúde cardiovascular.

Leia também: Dieta rica em fibras pode prevenir doenças do coração e diabetes 

Ossos fortes 

Não apenas rico em vitamina A, o ruibarbo é também repleto de vitamina K, essencial para a saúde, densidade e força dos ossos. Essa vitamina é importante principalmente para a absorção do cálcio.

Leia também: Vitamina K2: Benefícios e quanto consumir

Como consumir o ruibarbo

  • Chás terapêuticos;
  • Geleias e doces;
  • Tarte e tortas;
  • Kimchi;
  • Molho para carnes.
emagreça com jejum intermitente

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo