Refrigerante diet pode estar comprometendo sua saúde intestinal

É comum acreditar que, ao optar por um refrigerante diet estamos fazendo uma escolha mais saudável. Mas, na verdade, entre outros problemas que podem ser ocasionados pela bebida, o refrigerante diet pode estar comprometendo sua saúde intestinal.

Leia também: Consumo de refrigerante pode levar à morte prematura

Afinal, como esse refrigerante é adoçado?

Essencialmente, os refrigerantes denominados “diet” não contêm açúcar refinado em sua composição. Entretanto, eles possuem adoçantes que,são tão maléficos para a saúde quanto o açúcar branco. Ainda, é importante ressaltar que o consumo excessivo de açúcar ou adoçante é certamente um péssimo hábito danoso à  saúde.

Leia mais: Refrigerante zero/light/diet engorda?

Por fim, alguns dos adoçantes mais usados na fabricação desses refrigerantes são: aspartame, sacarina e a sucralose, que pode ser tóxica para um tipo saudável de bactéria que habita o intestino. Por isso, o consumo desse produto pode ser altamente prejudicial para a saúde intestinal.

Como o refrigerante diet pode estar comprometendo o intestino

Um estudo recente da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, comprovou os males causados pela ingestão constante de refrigerante diet. A pesquisa analisou a toxicidade dos componentes de dez diferentes marcas da bebida e, conclusivamente, há seis diferentes adoçantes que comprovadamente danificam a saúde do intestino. Entre os efeitos colaterais disso, é possível apontar a obesidade e o aparecimento de câncer no órgão em questão.

A análise, que foi conduzida em ratos de laboratório, detectou as toxinas no intestino dos animais por meio de uma solução fluorescente. Assim, puderam notar os efeitos das toxinas nas bactérias saudáveis no intestino, ou seja, elas foram contaminadas e tornaram-se tóxicas. 

Esse não é o primeiro estudo a apontar para os malefícios do refrigerante diet, entretanto, é importante reiterar as desvantagens de seu consumo. 

Leia mais: Como acabar com o vício em refrigerante

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo