fbpx

Quinoa: Conheça os benefícios do superalimento

Fonte de múltiplos benefícios para a saúde e a boa forma, a quinoa está na lista daqueles alimentos que devem fazer parte da sua rotina e, não por acaso, vem ganhando espaço na mesa dos brasileiros. 

Considerada um dos alimentos mais completos pela Academia de Ciências dos Estados Unidos e pela Organização das Nações Unidas, é uma planta que teve sua origem na região dos Andes, com registros de ser utilizada pelos Incas. Eles se referiam a ela como o “grão de ouro”, pois a consideravam um alimento sagrado.

Rico em nutrientes, proteínas e fibras, o alimento pode ser adicionado ao cardápio sem medo. Ao procurar pela quinoa, você verá que ela pode ser branca, preta ou vermelha. Não há diferenças nutricionais importantes entre o trio, mas a branca é mais fácil de achar. A vantagem de levar as outras duas é a possibilidade de montar refeições coloridas. 

Leia também: Superalimentos: O que são e como incluir no cardápio

Versátil, é um ótimo ingrediente para saladas, quibes e uma série de pratos saborosos.  Não há qualquer contraindicação para seu consumo, desde que seja ingerida nas quantidades adequadas (até duas colheres de sopa por dia). Isso porque ela é um alimento calórico, que se consumido em excesso pode desequilibrar a dieta. Confira mais benefícios dessa iguaria.

Contém quase o dobro de fibras que a maioria dos grãos

A fibra é mais conhecida por aliviar a constipação, mas também ajuda a prevenir doenças cardíacas, reduz a pressão alta e o diabetes, além de diminuir os níveis de colesterol, glicose e ajudar a perder peso, pois promove saciedade. 

É um dos alimentos mais ricos em proteínas que existe

Cada grão de quinoa contém 20 aminoácidos (componentes da proteína), diferentes. Entre eles, a metionina e a lisina, responsáveis pela formação de uma proteína completa e de boa absorção pelo organismo. Estes compostos não são produzidos pelo nosso corpo e só podem ser adquiridos através da alimentação. Outra vantagem é ser livre da gordura saturada das carnes, que, em excesso, prejudica o coração.

Abundante em ferro

O ferro ajuda a manter saudáveis ​​os glóbulos vermelhos e é a base da formação de hemoglobina. Em cada 100 gramas, são 10,9 miligramas do mineral, que combate a anemia e garante pique.  O ferro também regula a temperatura corporal  e o metabolismo energético.

Fonte de magnésio

Esse mineral ajuda a relaxar os vasos sanguíneos e, assim, aliviar as enxaquecas. O magnésio também pode reduzir o diabetes tipo 2, promovendo o controle saudável do açúcar no sangue. Outros benefícios à saúde do magnésio incluem a transmissão de impulsos nervosos, a regulação da temperatura corporal, desintoxicação, produção de energia e a formação de ossos e dentes saudáveis.

Ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue

Como tem índice glicêmico baixo, o grão ajuda a controlar a glicose no sangue. Um estudo publicado no European Journal of Nutrition concluiu que o consumo do alimento leva a baixos níveis de triglicerídeos e ácidos graxos livres, o que está associado a um menor risco de doenças cardíacas e diabetes.

Melhora a memória

A quinoa possui Ômega 3, uma gordura que faz bem para nossa saúde e para a nossa memória. Estudos mostram que pessoas que possuem dietas pobres dessa gordura se mostram mais esquecidas e com pouca concentração. 

Não contém glúten

Por não conter glúten em sua composição, a quinoa é recomendada às pessoas com doença celíaca. Dessa forma, esses pacientes – e também as pessoas que evitam o glúten por outros motivos – têm uma alternativa de cereal a partir do qual podem ser produzidos pães, massas, farinhas e biscoitos.

Leia também: Dieta sem glúten: O que é, como fazer e cardápio

 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.