Probióticos e prebióticos: Qual a diferença?

Os probióticos são famosos por melhorar a saúde do organismo e, mais especificamente, do intestino – mas e os prebióticos?

A saúde do nosso intestino é determinante para o restante do corpo. Portanto, é de extrema importância ter a flora intestinal bem cuidada e regulada. É nesse sentido, que os probióticos e os prebióticos entram em cena. 

O que são probióticos?

Os probióticos são micro-organismos vivos que melhoram a saúde geral do corpo. As bactérias benéficas vivem no intestino e atuam na flora. Elas facilitam a absorção de nutrientes, ajudam a digestão e melhoram o sistema imunológico.

Os mais comuns são: lactobacilos acidófilos, casei, enterococus faecalis, faecium, bulgárico, lactis, plantarum, estreptococo termófilo, bifiobactéria difibus, longus e infantis.

Existem duas formas principais de consumo: por meio de alimentos com probióticos naturais, como o iogurte ou o kefir, por exemplo, e a outra é o uso de suplementos.

Leia mais: Probióticos: O que são e como consumir

E os prebióticos? 

Os prebióticos, diferentemente dos probióticos, são carboidratos encontrados em frutas e vegetais ricos em fibras. Esses carboidratos não podem ser digeridos pelo corpo, por isso, quando chegam ao intestino, provêm nutrientes aos probióticos – que agirão na melhora da saúde e funcionamento digestivo.

Portanto, em suma, são componentes alimentares não-digeríveis que estimulam a ação dos probióticos, os quais são, resumidamente, bactérias que fazem bem ao intestino.  

Leia também: 10 alimentos ricos em fibras

Probióticos e prebióticos

Conclusivamente, o consumo dos dois deve ser alinhado, para que o efeito no organismo seja otimizado. Portanto, ao consumir quantidades saudáveis deles, será notável a melhora no funcionamento do intestino, na saúde da flora intestinal e, consequentemente, na saúde de todo o corpo

Leia mais: Intestino preguiçoso: Aposte em laxantes naturais

A importância de um intestino regulado

O intestino é um órgão extremamente importante e não deve jamais ser subestimado. Sua importância é tanta que há quem o chame de “segundo cérebro”.

Constituído por dois segmentos, o intestino grosso e o delgado, esse órgão cumpre a função de absorver os nutrientes necessários para a sobrevivência.

Sendo assim, manter p intestino regulado e saudável é essencial para a saúde de todo o restante do corpo. Ou seja, nosso bem-estar está diretamente ligado a ele. Afinal, para que o corpo funcione com excelência, é necessário possuir os nutrientes para isso. 

Leia também: Quer emagrecer? Cuide do seu intestino

Alimentos probióticos

Desse modo, nutrir seu corpo com alimentos ricos em probióticos é uma boa pedida.  

Também podem ser encontrados em cápsulas para suplementação.

Leia mais: Alimentos ricos em probióticos – além do iogurte

emagreça com jejum intermitente

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo