Positividade tóxica: O que é e como pode nos afetar

Nos dias atuais, é comum vermos diversas pessoas falando sobre a positividade nas redes sociais por meio de hashtags. No entanto, por mais que pareça contraditório, você sabia que a positividade pode ser tóxica? Positividade tóxica é um termo que se popularizou na internet recentemente e as pessoas vêm usando cada vez mais, especialmente em momentos negativos como a pandemia. 

Ter pensamentos positivos e ser otimista é essencial para a nossa saúde mental. Contudo, o positivismo extremo impõe a nós mesmos e a outras pessoas uma atitude falsa, generalizando um estado feliz em qualquer momento, silenciando as emoções negativas.

Dessa maneira, para ser positivo você não deve ignorar todos os problemas existentes, mas sim, conseguir lidar com eles e enxergar aquela situação com outra perspectiva. 

Como por exemplo no momento atual, onde estamos vivendo a pandemia por conta do COVID-19, é necessário que o nosso cérebro reconheça a situação para não se acostumar.

Leia também: Benefícios do pensamento positivo e como torná-lo parte da rotina

Como a positividade tóxica nos afeta

A positividade tóxica nos faz bloquear ou ignorar emoções negativas, o que pode realmente nos afetar e trazer consequências tanto para a nossa saúde física quanto mental. 

Segundo especialistas, as emoções que guardamos para nós mesmos são expressadas através do corpo, na maioria das vezes resultando no esgotamento mental e em doenças.

Além disso, quando nos concentramos apenas nos sentimentos positivos, desenvolvemos uma visão mais “ingênua” das situações, tornando-se mais vulneráveis aos momentos difíceis. 

Portanto, seja mais honesto consigo mesmo e não tenha medo de expressar que está triste, deprimido ou ansioso. Entenda que está mal e saiba que isso é normal.

Se alguém próximo estiver passando por situações difíceis, não tente se afastar por achar que pode trazer “energias negativas” para você. Isso porque aquela pessoa pode estar se sentindo isolada e precisa de apoio e empatia.

Leia também: Psicologia Positiva: O que é quais são os benefícios

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo