Polifenóis: O que são, benefícios e alimentos ricos

O que faz chá verde, chocolate amargo e vinho tinto serem considerados saudáveis? Além de agradáveis ​​ao paladar, eles são ricos em polifenóis, micronutrientes que são potências à base de plantas. 

Se você está tentando aumentar os antioxidantes para combater a inflamação, o câncer e, de bônus, adicionar uma lista de benefícios para a saúde, convém começar a incorporar mais alimentos ricos em polifenóis na dieta (emagreça com o Tecnonutri) .

Como os polifenóis funcionam no corpo

Muitos benefícios do micronutriente vêm de seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios. Ao reduzir os radicais livres e o estresse oxidativo no organismo, os polifenóis diminuem os danos celulares que podem levar a muitas doenças crônicas.

Os benefícios de consumir essa substância são inúmeros. Os polifenóis são conhecidos por fornecer proteção contra doenças cardíacas, reduzir a inflamação que pode causar problemas de saúde como artrite reumatóide e doença inflamatória intestinal, impedir a formação de coágulos sanguíneos e apoiar o controle do açúcar no sangue.

Também, estudos adicionais mostraram que eles são úteis na prevenção do câncer e diabetes tipo 2.  Abaixo, você encontra alimentos com alto teor de polifenóis:

Leia também: Conheça as frutas com baixo índice glicêmico

Frutas vermelhas

Embora todas as frutas vermelhas contenham uma dose vigorosa de polifenóis, os mirtilos (blueberries) são os mais ricos da lista. A fruta é fonte de antioxidantes de combate aos radicais livres que protegem o corpo de vários tipos de doenças crônicas. Pesquisas também mostram que os polifenóis encontrados nos mirtilos podem ajudar a reduzir a atividade de vários gatilhos da inflamação.

Chá verde

Você provavelmente já ouviu falar que o chá verde é rico em antioxidantes. A bebida contém flavonoides, uma forma de polifenóis – que representam 30% do peso seco do chá. Esses compostos ajudam a reduzir potencialmente o risco de câncer, bem como baixar a pressão arterial.

Leia também: Ômega-6: O que é, benefícios e onde encontrar

Vinho tinto

O debate sobre se o vinho é bom para você é tão antigo quanto o tempo, mas sabemos com certeza que o vinho tinto é rico em polifenóis (assim como o suco de uva). Mais especificamente, vinho tinto tem um alto teor de resveratrol, um tipo específico de polifenol que combate a inflamação.

Azeite

As azeitonas são ricas em polifenóis, e o azeite é uma excelente fonte do micronutrientes. Portanto, utilize esse óleo nas saladas e vegetais. Certifique-se de optar pela variedade extra-virgem, pois é a versão menos processada do produto. 

Leia também: Azeite de oliva e seus benefícios

Espinafre

No geral, os legumes são ricos em polifenóis, mas o espinafre está no topo do ranking. É rico em antioxidantes, que servem como compostos protetores e que dão ao espinafre seus efeitos antienvelhecimento. 

Café

Sua xícara no café da manhã está lhe dando um bom impulso de polifenóis, especificamente uma forma chamados ácidos clorogênicos. Tais ácidos mostraram benefícios na prevenção de certas doenças crônicas, como diabetes tipo 2, Parkinson e doença hepática.

Chocolate amargo

Cacau e chocolate na versão amarga são ricos em flavonóides, uma forma de polifenóis. Estudos mostram que o micronutrinte presente no chocolate amargo pode estar envolvido no controle do colesterol, ajudando a aumentar o colesterol HDL (bom) e a diminuir o colesterol LDL (ruim). 

Oleaginosas

Qualquer que seja a oleaginosa que você goste de comer, ela possui polifenóis. Mas, avelãs e nozes têm a maior contagem da substância. 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.