Combinar viver o momento com planejar o futuro protege do estresse

Para permanecer positivo, viva o momento, mas planeje com antecedência. É o que diz um estudo da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos. A análise descobriu que pessoas que conseguem equilibrar a vida no momento com o planejar o futuro são mais capazes de resistir ao estresse diário.

“Está bem estabelecido que estressores diários podem aumentar a probabilidade de termos efeitos negativos ou mau humor”, diz Shevaun Neupert, professor de psicologia e um dos autores da pesquisa. “Contudo, o trabalho lança luz sobre quais variáveis ​​influenciam a forma como reagimos ao estresse”.

Especificamente, os cientistas analisaram dois fatores que influenciam a maneira como lidamos com o estresse: atenção plena (mindfulness) e enfrentamento proativo.

Mindfulness é quando se está centrado e vivendo no momento, em vez de morar no passado ou planejar o futuro. Já o enfrentamento proativo é quando as pessoas se envolvem no planejamento para reduzir a probabilidade de estresse lá na frente.

Planejar o futuro x viver o presente

Para ver como esses fatores influenciam as respostas ao estresse, foram analisados dados de 223 participantes. O estudo incluiu 116 pessoas entre as idades de 60 e 90 e 107 pessoas entre as idades de 18 e 36. 

Os participantes foram convidados a preencher uma pesquisa inicial, a fim de estabelecer sua tendência a se envolver em um enfrentamento proativo. Depois, foram solicitados a preencher questionários por oito dias consecutivos que exploravam as flutuações na atenção plena e os estressores diários.

Assim, descobriu-se que o envolvimento no enfrentamento proativo era benéfico para limitar o efeito dos estressores. Porém, a vantagem desapareceu essencialmente nos dias em que o participante relatou baixa atenção plena. 

“Dessa maneira, uma combinação de enfrentamento proativo e alta atenção plena resulta em pessoas mais resilientes aos estressores diários”, diz Neupert. “Basicamente, o planejamento proativo e a atenção plena representam cerca de um quarto da variação de como os estressores influenciam o efeito negativo.

Por fim, intervenções direcionadas às flutuações diárias de mindfulness podem ser especialmente úteis para aqueles que têm alto nível de enfrentamento proativo e podem estar mais inclinados a planejar o futuro em vez de permanecer no presente.

Leia também: Como usar mindfulness para tomar decisões

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.