Perdoar e pedir perdão faz bem para a saúde

Perdoar e pedir perdão não são tarefas fáceis para a maioria das pessoas. Isso porque fazem parte de um processo que envolve o enfrentamento de algo que te magoou, que traz raiva e ressentimento. Mas, você sabia que o perdão pode trazer diversos benefícios para a saúde?

Quando você não perdoa, o cérebro humano não sabe se você está realmente vivendo aquela situação ou se é apenas uma lembrança. O que nos impede de viver novas possibilidades e interfere negativamente a nossa saúde mental. Além disso, mágoas e ressentimentos nos geram estresse, que podem resultar em reações adversas no organismo, como pressão alta, alteração no processo metabólico, diminuição no fluxo sanguíneo, entre outros malefícios.

Perdoar não significa necessariamente esquecer os problemas. Mas sim, desassociar o sentimento negativo relacionado a essa lembrança.

comer bem e cuidar da mente

Benefícios do perdão

Faz você viver mais

Segundo um estudo feito em 2011 e publicado no Journal of Behavioral Medicine, pessoas que costumam perdoar apenas quando o outro pede desculpa têm uma expectativa de vida menor do que os que perdoam incondicionalmente. 

Fortalece o sistema imunológico

O sistema imunológico também pode ser fortalecido. Uma pesquisa feita pela Sociedade de Medicina Comportamental dos Estados Unidos, descobriu que portadores do vírus HIV que perdoavam realmente alguém que os havia magoado apresentavam um maior nível de células CDA – positivas para o sistema imunológico. 

Melhora o sono

O ato do perdão te deixa mais leve e tranquilo e reduz condições prejudiciais à saúde, como o estresse e a raiva. O que, consequentemente, melhora a qualidade do sono e a fadiga, desempenhando um papel fundamental na manutenção do bem-estar. 

Reduz o estresse

A mágoa acumulada acaba nos deixando nervosos, o que causa efeitos negativos na pressão arterial e no batimento cardíaco, enquanto o perdão faz o contrário, liberando o bem-estar.

Favorece o autoperdão 

Quando você comete um erro e magoa alguém, ser perdoado por essa pessoa ajuda no processo de autoperdão, diz um estudo no Journal of Positive Psychology . Assim, perdoar e ser perdoado nos ajuda a deixar as coisas no passado.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo