Percepção do tempo mudou durante COVID-19, diz estudo

A pandemia do novo coronavírus (COVID-19) trouxe várias mudanças para a vida das pessoas, como por exemplo, trabalhar e estudar remotamente e se isolar socialmente. Além disso, a percepção do tempo também mudou durante esse período: alguns dias parecem durar uma eternidade, enquanto outros passam voando. É o que diz um estudo recente, conduzido no Reino Unido. 

Publicada na revista Plos One, a pesquisa contou com 604 participantes e os resultados mostraram que mais de 80% experimentaram mudanças em sua percepção do tempo durante a pandemia do coronavírus.

De acordo com os pesquisadores, fatores como o estresse, redução da carga de tarefas e menos socialização podem contribuir com a passagem do tempo mais lenta.

Por que isso acontece?

A pandemia surgiu e mudou drasticamente a vida das pessoas, o que pode afetar a maneira como lidamos com o tempo. Após passar tanto tempo em casa, sem socializar, muitos estão experimentando níveis de insônia, ansiedade e até mesmo depressão. O cérebro de cada um reage de forma diferente, para alguns pode ser fácil se adaptar à perda de rotina, mas para outros pode ser um momento extremamente difícil.

Nas circunstâncias atuais, o cérebro está tentando processar e se acostumar com a falta de rotina. Quando isso é somado à incerteza sobre o futuro, o conceito de tempo se torna confuso. Assim, o estresse, as notícias alarmantes e a preocupação em perder momentos futuros marcantes fazem com que esses meses pareçam um desafio.

Além disso, houve uma queda significativa em ter novas experiências, como comer em um restaurante ou viajar. Isso pode fazer o tempo passar mais devagar, afinal, quanto mais experiências tivermos, mais o tempo passará. 

Por isso, embora seja difícil voltar ao que era antes, para evitar que isso aconteça, tente criar uma rotina todos os dias. Coloque o relógio para despertar sempre o mesmo horário, e se certifique de que o sol está entrando em casa. Em seguida, tome o café da manhã, faça exercícios físicos e organize suas tarefas do dia.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo