Pepino: Benefícios e propriedades

Rico em água e com baixo índice calórico, o pepino é reconhecido por suas propriedades medicinais desde os tempos antigos. De tratamentos de pele até o auxílio ao combate do câncer, o alimento – que muitos acham indigesto – deve fazer parte de um cardápio saudável diário.

Fonte de vitaminas A, C, K e J e em várias do complexo B, ele é um ótimo para visão, ossos, imunidade, fígado e músculos. Versátil, é um excelente ingrediente para saborizar águas, compor saladas, guacamole, tahine, pesto e até mesmo como acompanhamento de carnes. 

Leia também: 5 benefícios do morango

Conheça sete benefícios do pepino que não podem ser ignorados: 

Protege os ossos

O principal nutriente desse vegetal é a vitamina K, essencial para a saúde dos ossos. Com isso, vários estudos associaram baixos níveis de K à osteoporose e ao aumento do risco de fraturas.

Melhora a saúde cardiovascular

Pepinos contêm dezenas de antioxidantes, incluindo flavonóides, que são conhecidos por proteger contra doenças cardíacas. Da mesma forma, as sementes também podem ser benéficas: em um estudo publicado nos Estados Unidos, um pequeno grupo de pessoas com gorduras do sangue levemente elevadas consumiu diariamente extratos de sementes de pepino secas. Assim, após seis semanas, eles experimentaram uma série de mudanças favoráveis, incluindo diminuição do colesterol total, diminuição do colesterol LDL “ruim”, aumento do HDL “bom” e diminuição dos triglicerídeos.

Hidrata

Um pepino médio contém 194 gramas de água. Dessa maneira, a adição do vegetal à água também acrescenta sabor, o que pode ajudar a aumentar ainda mais a ingestão do líquido e, assim, manter o organismo hidratado. 

Ajuda a controlar o peso

Pepino tem poucas calorias e é rico em fibras. Meia unidade do legume fornece um quarto das calorias em uma maçã de tamanho médio. Por outro lado, dos quatro gramas de carboidratos totais no pepino, um e meio são de fibras – que ajudam a promover a saciedade. 

Pode ajudar a reduzir o risco de câncer

Junto com sementes de linho e gergelim, couve, brócolis, repolho, morangos, damascos e outros alimentos vegetais, pepinos contêm uma substância natural chamada lignanas. Com isso, bactérias no trato digestivo convertem lignanas em compostos que se ligam a receptores estrogênicos. Portanto, alguns estudos preliminares sugerem que eles podem proteger contra cânceres relacionados ao estrogênio, incluindo os de mama, ovário, útero e próstata.

Acalma a pele

Colocar uma fatia de pepino sobre os olhos inchados, na verdade, faz muito sentido. A polpa de pepino é composta principalmente de água, vitamina C e ácido cafeico, um produto químico natural que possui propriedades anti-inflamatórias. A combinação desencadeia um efeito calmante na pele, reduz irritação e o inchaço. 

Combate o mau hálito

Uma causa comum de mau hálito é o odor produzido quando as bactérias atacam partículas de alimentos presas. O líquido nos pepinos, assim como a produção de saliva desencadeada pela mastigação, ajuda a limpar a boca e a eliminar essas substâncias. 

Leia também: 7 benefícios do cranberry

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.