Benefícios do pensamento positivo e como torná-lo parte da rotina

Olhar para o lado positivo nem sempre é natural, mas você pode treinar sua mente para procurá-lo – e isso fará maravilhas pela sua saúde mental e física.

A positividade tem benefícios que se estendem muito além de qualquer meme do Instagram. E mesmo se você nasceu com tendências pessimistas, pode fazer a positividade funcionar para você. 

“Construir ideias otimistas ajuda no sentimento de realização, as ações se tornam mais prazerosas e as sucessões de acontecimentos cotidianos passam a ser encarados tranquilamente, em vez de se sentir sobrecarregada pelo estresse que faz a pessoa se sentir mal”, explica a psicóloga clínica Rosângela Olmos. 

Por outro lado, o pensamento negativo faz com que a pessoa crie ansiedades pelo medo, acreditando que não vai conseguir realizar o desejo. “Com isso, ela deixa de buscar realizações, de proporcionar a si mesma experiências, e com isso, não saia do lugar ou desiste facilmente”, garante a especialista. 

Isso não significa que você deve varrer seus pensamentos reais embaixo do tapete para abrir espaço para unicórnios e arco-íris. Em vez disso, trata-se de visualizar situações de uma perspectiva mais abrangente. Por exemplo, quando você está estressado com o trabalho, respire fundo, considere o que já realizou e diga a si mesmo que realizará suas tarefas da melhor maneira possível.

O pensamento positivo pode abrir a criatividade, ajudá-lo a se conectar melhor com os outros e impulsionar seu bem-estar geral também. Confira algumas maneiras simples de começar a ver as coisas sob uma luz mais ensolarada.

Construa a habilidade

Você não pode simplesmente pegar um violino e tocar. Da mesma forma, não pode acordar e decidir que vai ser positivo. Você precisa praticar, convocando esses sentimentos. Mesmo pequenas atitudes feitas regularmente – como apreciar uma bela vista ou uma obra de arte – podem ajudar a treinar sua mente a perceber as coisas boas ao seu redor. Algumas outras táticas que impulsionam a positividade: liste as coisas pelas quais você é grato no final de cada dia. Ou pratique exercícios simples de meditação

Espalhe gentileza

Uma das estratégias mais poderosas para promover sua própria positividade é ser generoso com outras pessoas: segure a porta do elevador para alguém, envie um bilhete a uma amiga ou até ceda o seu lugar na fila para quem está atrás. Um estudo de 2016 descobriu que realizar atos de bondade era ainda mais eficaz em estimular a felicidade do que simplesmente mimar a si mesmo. Então, em vez de reservar o dia do spa, tente ser voluntário…ou melhor ainda, faça as duas coisas. Quanto mais somos úteis para os outros, melhor nos sentimos sobre nós mesmos.

Sorria

Para uma rápida dose de positividade, tente abrir um sorriso. Um estudo realizado em 2012 na Universidade de Kansas, nos Estados Unidos, descobriu que o sorriso é capaz de reduzir o estresse. E outra pesquisa mostrou que o sorriso é contagiante. Se você está com um humor horrível, mas você vai trabalhar e trata bem seus colegas, a resposta positiva deles tem a capacidade de mudar lentamente seu humor para que você esteja genuinamente em um lugar melhor.

Cultive seus relacionamentos

Aqui está mais um motivo para priorizar o tempo de qualidade com sua família e amigos: seus laços sociais podem colorir como você vive a vida. Um trabalho da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, inclui um estudo no qual as pessoas receberam uma mensagem de texto de apoio do parceiro logo antes de um evento estressante. Apenas ler um texto aumenta a positividade no momento.

Cuide de você

Você não pode ser positivo sem também entender como lidar com o negativo – e a autocompaixão é o segredo. A compaixão ajuda você a navegar pelas partes da vida que não são tão positivas, como problemas de saúde e fracassos profissionais. Para começar, imagine como você trataria um amigo se estivesse em sua situação. “O que eu diria?”. “Qual seria o meu tom de voz?”. Então, tente em você mesmo.

Sentir raiva é permitido

Sentir raiva de vez em quando pode ser realmente útil. Às vezes você precisa ficar com raiva porque vê injustiça e isso faz com que você aja. A chave é saber a diferença entre emoções funcionais – que o ajudam a melhorar sua situação – e reações improdutivas.É aqui que entra sua prática de positividade. Digamos que você esteja preso no engarrafamento. Teste uma de suas ferramentas: pense em um amigo querido ou em uma memória estelar.

Leia também: Como cuidar melhor da saúde emocional

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.