fbpx

Dicas para você parar de procrastinar agora

Procrastinar significa deixar para depois tarefas que você precisa fazer agora. Certamente, você já teve que encarar esse tipo de situação, seja em casa, na faculdade ou no trabalho. 

Essa fuga de atividades pode ser consciente, ou seja, você escolhe fugir daquilo que deve fazer, ou inconsciente, quando nem percebe que deixou de cumprir compromissos ou prazos. De qualquer forma, procrastinar pode atrapalhar bastante a rotina.

Segundo Rogério Lopes, professor de Psicologia do Centro Universitário IESB, a procrastinação, em geral, está relacionada à contextos considerados desagradáveis, ou seja, que não são prazerosos de realizar. “Tendemos a fugir ou evitar tais consequências aversivas”, confirma.

Porque procrastinamos

O professor explica que fica mais fácil procrastinar quando temos diferentes opções de atividades mais divertidas que a tarefa que precisamos finalizar, como assistir um filme, bater papo com amigos pelo celular ou navegar pelas redes sociais. 

Nosso cérebro prefere recompensas imediatas, por isso, empurra para depois o que não é tão legal assim. “Em resumo, deixamos para depois o que nos desagrada e nos dedicamos agora ao que nos satisfaz.”

Isso pode ocorrer com frequência e trazer consequências negativas, especialmente se você precisa ser produtivo e tem prazos e metas para cumprir. “Você acaba postergando atividades consideradas importantes para si mesmo ou, o que é mais comum, para os outros. Isso prejudica quem está na dependência da conclusão dessas atividades para dar seguimento aos seus afazeres”, afirma o professor.

Para mudar esse comportamento, o primeiro passo é identificar a presença da procrastinação na sua rotina e conquistar mais autocontrole. “Assim, o indivíduo deve ser capaz de agir de modo a evitar os ganhos envolvidos em tarefas agradáveis em curto prazo – algo impulsivo -, mas que a longo prazo implicam prejuízos, já que impedem de realizar as tarefas necessárias.”

Há também algumas dicas que podem ajudar a fugir desse inimigo da produtividade. Confira a seguir. 

Leia também: Melatonina ajuda com ansiedade?

Crie listas e estabeleça prioridades

Antes de se desesperar para realizar tudo que precisa, pare um momento e liste todas as atividades do seu dia ou semana. 

Dessa forma, você visualiza melhor suas tarefas, pode definir horários para cumprir cada uma delas e ordená-las por prioridade. 

Comece sempre pela mais urgente ou mais difícil. Isso é importante para eliminar o quanto antes o que for mais complicado ou chato, deixando o resto da agenda mais leve e fácil de gerenciar. 

Lembre-se de marcar o que já foi feito: essa é uma maneira de recompensar seu cérebro e diminuir o estresse causado pela quantidade de afazeres.

Divida as tarefas

Se você tem à sua frente uma atividade extensa ou cansativa, procure fatiá-la em ações menores. 

Quando você reduz a quantidade e a dificuldade da tarefa em porções pequenas, consegue finalizar o projeto com mais tranquilidade e menos esforço. 

Leia também: Dependência do celular pode causar depressão e solidão

Defina metas

Mais um truque para driblar a procrastinação: a definição de metas. Comece traçando objetivos de curto prazo, fáceis de serem alcançados. Depois, estabeleça aqueles de médio e longo prazo e siga o cronograma. 

Se você desenhar metas muito complicadas, provavelmente vai desanimar no meio do caminho e preferir assistir televisão ao invés de focar em suas tarefas. 

Termine o que começar

Ao se comprometer com um projeto, você deve finalizá-lo, não importa se o resultado não for perfeito. Aliás, o perfeccionismo costuma andar de mãos dadas com a procrastinação, gerando ansiedade e decepções. 

Assim como seus objetivos devem ser realistas, suas expectativas também precisam ser equilibradas. Termine suas tarefas e fique feliz com a sensação de dever cumprido. 

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Elimine até 7kgs em apenas 6 semanas!

 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.