Os benefícios do pistache

Quando é indicado comer oleaginosas na dieta (emagreça com o Tecnonutri) , amêndoas, nozes e castanhas geralmente vêm à mente e nos esquecemos de outras que estão cheias de propriedades benéficas. Se você está procurando um lanche saudável e saboroso, saiba que não faltam motivos para apostar no pistache

Leia também: 7 benefícios do cranberry

Ele é rico em proteínas, minerais e, por ser fonte de fibras, auxilia na redução do colesterol ruim. Conheça outras vantagens de consumir essa iguaria: 

Tem propriedades antiestresse 

Graças ao magnésio, ferro e potássio, o pistache diminui o ritmo cardíaco, a pressão arterial e os picos de glicose. O resultado? Um controle em períodos de estresse agudo, ansiedade e até na compulsão alimentar. 

É cardioprotetor

Pistache é rico em fibras e gorduras monoinsaturadas, o que o torna um lanche ideal para equilibrar os níveis de colesterol no sangue e reduzir o risco de problemas cardíacos. Para obter seus benefícios, basta incluir de 30 a 45 gramas diárias dessas oleaginosas no cardápio. 

Combate o envelhecimento

Ele é rico em antioxidantes responsáveis ​​por defender o corpo dos danos dos radicais livres na pele, evitando assim rugas prematuras, flacidez, manchas e ressecamento. 

Previne a constipação

Uma porção de 100 g dessas nozes fornece mais do que a quantidade diária recomendada de fibras, o que torna o pistache um elixir para melhorar o trabalho do sistema digestivo, combater inflamação e desconforto no estômago.

Combate diabetes

Uma pesquisa publicada pelo Jornal Europeu de Nutrição divulgou que a presença da oleaginosas teve associada a um menor risco de desenvolver pré-diabete, quadro que antecede o diagnóstico definitivo da doença. 

Para chegar a essa conclusão, cerca de 50 voluntários com dificuldade para controlar o sobe e desce do açúcar no sangue foram recrutados e divididos em dois grupos. As dietas e outros hábitos eram semelhantes, mas uma das turmas comeu 57 gramas (ou uma mão cheia) de pistaches assados diariamente, por quatro meses. Quem adicionou o ingrediente na dieta apresentou queda expressiva em um dos marcadores que denuncia a resistência à insulina, condição que boicota a entrada da glicose nas células para gerar energia. É ela que escancara as portas para o diabete do tipo 2 se manifestar.

Protege os olhos

Rico em carotenoides, o pistache ajuda a proteger os olhos da radiação ultravioleta, além de fortalecer o tecido ocular e retardar a degeneração macular.

Turbina o cérebro

Para quem exercita muito o cérebro, como estudantes em época de vestibular, a quantidade de energia fornecida pelo fruto atua repondo a energia gasta no raciocínio. Ainda tem a vitamina B6, que interfere na manutenção do humor, e o zinco, que evita a exaustão mental.

Leia também: Alimentos que protegem o coração

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.