Orégano: Conheça os benefícios da especiaria

Da cobertura da pizza ao preparo do chá, o orégano é considerado uma erva básica em muitas cozinhas ao redor do mundo. Tem um sabor forte, além de uma pitada de doçura sutil. Pode ser encontrado fresco, seco ou como um óleo, e todos têm benefícios significativos para a saúde.

Embora tipicamente usado em pequenas quantidades, contém alguns nutrientes importantes. Apenas uma colher de chá de orégano seco pode atender cerca de 8% das necessidades diárias de vitamina K.

Desde ajudar a combater bactérias até reduzir a inflamação, estudos descobriram alguns de seus impressionantes benefícios potenciais. Conheça os principais:

Rico em antioxidantes

O orégano é rico em antioxidantes, compostos que ajudam a combater os danos causados ​​pelos radicais livres nocivos no organismo. O acúmulo de radicais livres tem sido associado a doenças crônicas como câncer e doenças cardíacas. O óleo essencial de orégano é especialmente rico em carvacrol e timol, dois antioxidantes que podem ajudar a evitar danos às células causadas por radicais livres.

Leia também: Melhores ervas para quem quer emagrecer

Ajuda a combater bactérias

O orégano contém certos compostos que possuem propriedades antibacterianas potentes. Um estudo mostrou que seu usado ajudou a bloquear o crescimento de Escherichia coli e Pseudomonas aeruginosa, duas linhagens de bactérias que podem causar infecção. Além disso, uma pesquisa comparou a atividade antimicrobiana dos óleos essenciais de orégano, sálvia e tomilho. 

Pode ajudar a reduzir a infecção viral

Além de combater bactérias, alguns estudos descobriram que o orégano e seus componentes também podem proteger contra alguns vírus. Em particular, carvacrol e timol são dois compostos que foram associados a propriedades antivirais. O carvacrol, em especial, inativa o norovírus, uma infecção viral que causa diarreia, náusea e dor de estômago, dentro de uma hora após o tratamento. Embora esses resultados sejam promissores, são necessárias pesquisas adicionais sobre como o orégano pode afetar as infecções virais em seres humanos.

Pode diminuir a inflamação

A inflamação é uma resposta imune normal que ocorre como resultado de doença ou lesão. No entanto, acredita-se que a inflamação crônica contribua para o desenvolvimento de doenças como doenças cardíacas, diabetes e condições autoimunes. Assim, o orégano é rico em antioxidantes, que podem ajudar a neutralizar os radicais livres e reduzir a inflamação.

Fácil de adicionar à dieta

O tempero está disponível fresco, seco ou como um óleo, facilitando a adição à dieta. Mas, embora muitos possam pensar no orégano como uma cobertura reservada exclusivamente para pizzas e massas, esta erva versátil pode ser usada de várias maneiras.

Tente misturar folhas inteiras de orégano em outras verduras para obter uma salada cheia de nutrientes ou polvilhar as folhas em pimentão, sopas ou ensopados.

Você também pode usá-lo para fazer pesto fresco ou molho para salada, temperar pratos de carne ou saborear molhos caseiros.

Leia também: 5 temperos comuns que ajudam na digestão

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.