Óleos vegetais e óleos essenciais: A diferença entre os dois

Para cuidar da mente e do corpo muitas pessoas optam por utilizar óleos vegetais e essenciais. Porém, ainda existem dúvidas sobre a diferença entre os dois.

Óleos vegetais

Os óleos vegetais são extraídos, especialmente, de sementes de plantas oleaginosas. No processo de extração, as sementes são prensadas em diversos tamanhos, até que o óleo seja extraído. é importante que a temperatura esteja baixa para que as suas propriedades não sofram alteração.

Dessa maneira, são ricos em vitaminas e sais minerais. Sendo assim, funciona como um aliados nos tratamentos de beleza, podendo ser utilizado na pele e no cabelo, como por exemplo, óleo de coco, azeite de oliva e o óleo de rícino.

Ainda, algumas pessoas optam por usar os óleos vegetais em massagens relaxantes, espalhando-os por todo corpo.

Óleos essenciais

Os óleos essenciais são utilizados especialmente na aromaterapia. Dessa maneira, eles são extraídos de plantas aromáticas como raízes, frutos, flores, ervas, madeiras e sementes.

A aromaterapia é uma técnica terapêutica milenar que utiliza as propriedades dos óleos essenciais para restabelecer o equilíbrio físico, psíquico e espiritual. Através do olfato, as propriedades de cada óleo chegam ao sistema nervoso, que responde pelas emoções, estimulando o cérebro a iniciar ou inibir a produção de hormônios e secreções. 

Leia também: Óleos essenciais para combater ansiedade

Além disso, o óleo essencial também tem função nos alimentos, na produção de comidas e bebidas, pois eles têm propriedades antibactericidas e podem ser usados como aroma.

Mas, ao contrário do óleo vegetal que pode ser utilizado no corpo, para extrair os benefícios do óleo essencial você deve ter cuidado e não colocá-lo sobre a pele. Isso porque eles possuem alta concentração de ativos que podem causar alergia e irritações na pele.

Assim, os óleos essenciais trazem diversos benefícios por meio de suas substâncias orgânicas e aromáticas, que têm propriedades sedativas, analgésicas e estimulantes.

Leia também: Óleos essenciais para combater dores de cabeça

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo