Óleos essenciais que ajudam a dormir melhor

Se você está lidando com insônia ou sente que precisa de ajuda extra para dormir melhor, os óleos essenciais podem oferecer algum alívio. 

Extraídos de flores, folhas e outras partes de plantas, cada um dos óleos tem o aroma e propriedades únicas. 

O tratamento é parte da aromaterapia, técnica terapêutica milenar que utiliza as propriedades dos óleos essenciais para restabelecer o equilíbrio físico, psíquico e espiritual. 

Através do olfato, as propriedades de cada óleo chegam ao sistema nervoso, que responde pelas emoções, estimulando o cérebro a iniciar ou inibir a produção de hormônios e secreções. 

“Além de proporcionar mais energia, bem-estar, disposição e fortalecer as defesas do corpo, podemos usar os óleos para criar produtos de beleza mais naturais, como xampu, condicionador, sabonete, cremes, desodorantes, entre outros. Há uma lista quase interminável de usos terapêuticos e estéticos, e a ciência continua a descobrir mais sobre eles a cada ano”, detalha Katia Fleig, aromaterapeuta, coach e terapeuta integrativa e quântica.

Leia também: Aromaterapia: Descubra o poder dos óleos essenciais

Embora os cientistas ainda não tenham determinado como ou porque a aromaterapia pode ajudar a dormir melhor, acredita-se que a inalação de moléculas de óleo essencial (ou a absorção de óleos essenciais pela pele) possa ativar substâncias químicas cerebrais envolvidas no controle do sono.

Conheça quatro óleos essenciais para usar sem medo antes de dormir: 

Lavanda 

Ótimo para relaxamento corporal e facial e alívio de dores. É um dos óleos essenciais mais usados na aromaterapia e o mais versátil. Ajuda a tratar problemas como insônia, ansiedade, tensão e cansaço. Por ser bastante suave, pode ser aplicado, sem diluição, em compressas sobre queimaduras. Alivia dores musculares e hematomas e é excelente para picadas de insetos. Em um escalda-pés, pode servir para reequilibrar as energias após um dia exaustivo de trabalho.

Em um estudo publicado na Nursing in Critical Care em 2017, 60 pessoas com doenças cardíacas que estavam em uma unidade de terapia intensiva receberam 2% de óleo de lavanda (por inalação) ou nenhum tratamento por 15 dias. O uso da aromaterapia com óleo de lavanda melhorou a qualidade do sono e reduziu a ansiedade.

Bergamota 

O óleo de bergamota é uma opção para combater a ansiedade, pois sua composição única acalma a mente e o corpo enquanto melhora o humor. Seu conteúdo de limoneno permite um relaxamento intenso quando inalado, enquanto as notas cítricas apimentadas estimulam imediatamente os sentidos. Em alguns estudos, a bergamota demonstrou ser capaz de diminuir os níveis de glicocorticoides no organismo, hormônios que são responsáveis pelo aumento da ansiedade e do estresse.

Camomila

Um estudo publicado na revista de medicina alternativa Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine mostrou que a camomila pode reduzir a ansiedade em pacientes na UTI melhor que métodos tradicionais. Outra pesquisa mostrou que a camomila pode acalmar a “mente hiperativa” e suas preocupações.

Madeira de cedro

O cedrol, um componente do óleo essencial de madeira de cedro, tem propriedades sedativas, o que pode ajudar a dormir melhor. Um estudo envolvendo 178 mulheres de 20 a 40 anos, do Japão, Noruega e Tailândia, descobriu que a taxa de miose (uma medida do diâmetro da pupila usada para refletir a atividade do sistema nervoso) aumentou após a inalação do cedrol.

Já em uma pesquisa da Universidade de Kitasato, no Japão, envolvendo idosos com demência, os óleos essenciais contendo madeira de cedro foram colocados em toalhas em volta das almofadas dos participantes todas as noites durante 20 dias. O tempo total de sono foi maior naqueles que usavam os óleos essenciais, com menos despertar pela manhã.

Óleos essenciais para evitar antes de dormir

Alguns óleos essenciais podem ter o efeito contrário, aumentando a atenção, como:

  • Sálvia
  • Sândalo
  • Vetiver
  • Petitgrain 

Como usar os óleos essenciais

A aromaterapia por meio dos óleos essenciais, pode ser utilizada de várias formas. Confira algumas opções a seguir: 

Inalação

Pode ser feita várias vezes ao dia. O recomendado é inalar o óleo diretamente do frasco: inspire, segure o ar por até 3 segundos e expire. Repita o procedimento algumas vezes. 

Aromatizadores

Coloque de 2 a 3 gotas do óleo essencial no aromatizador, que irá liberar o aroma no ambiente. É possível também utilizar um difusor de ambiente – basta pingar as gotas do óleo no difusor e deixá-lo no cômodo.

Nebulização

Você pode pingar de 2 a 3 gotas do óleo diretamente no aparelho de nebulização ou em uma bacia com água fervente e respirar a fumaça aromatizada.

Massagem

Essa é uma técnica clássica que permite aplicar o óleo essencial diretamente na pele. O ideal é misturar algumas gotinhas do aroma essencial escolhido em outro óleo vegetal, como o óleo coco, e massagear a pelo por, pelo menos, 20 minutos.

Compressa

Em um litro de água fervente adicione 10 gotas de óleo essencial. Em seguida, utilize uma toalha para mergulhar na água aromatizada. Retire o excesso de água e posicione o pano na área desejada.

Leia também: Óleos essenciais para combater dores de cabeça

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Chegue no verão com o corpo que você quiser!

 
 

Sobre o autor

Amanda Figueiredo
Amanda Figueiredo
Jornalista, editora sênior de nutrição, saúde e bem-estar.