Nigella sativa (cominho negro): Conheça a erva

A nigella sativa, também chamada de cominho negro e kalonj, é uma erva cheia de propriedades medicinais. Com potencial terapêutico, já vem sendo usada há séculos como remédio natural, inclusive fazendo parte da Ayurveda. Ela é naturalmente anti-inflamatória, beneficia a respiração e costuma ser utilizada para tratar problemas digestivos.

Benefícios da nigella sativa

Ajuda na digestão

As pequenas sementes pretas ajudam na digestão, facilitando o trânsito intestinal e a absorção do estômago dos nutrientes. Além disso, previne a prisão de ventre, ou seja, a constipação, e sua consequente sensação de inchaço e aparente ganho de peso.

Melhora a respiração

O cominho preto também é conhecido por auxiliar no tratamento de condições respiratórias, aliviando os sintomas da asma e reduzindo a intensidade das crises asmáticas. Ainda, é um broncodilatador natural e, portanto, facilita a respiração ao mesmo tempo que combate a congestão nasal e a tosse.

Fortalece a imunidade e previne doenças crônicas

Anti-inflamatória e repleta de propriedades antimicrobianas, a nigella sativa fortalece a imunidade e combate os radicais livres. Os radicais livres são os causadores do estresse oxidativo, que é responsável pelo envelhecimento precoce e por doenças como Alzheimer. Além disso, o potencial anti-inflamatório do cominho negro já foi objeto de muitos estudos – mais recentemente, de um desenvolvido por cientistas da Arábia Saudita.

Leia mais: 6 óleos essenciais para você usar a seu favor

Protege a saúde do fígado

Contém propriedades anti-hepáticas, ou seja, que previnem a hepatite e demais doenças que atacam o fígado. Sendo assim, a nigella sativa promove a maior proteção da saúde do fígado.

Como utilizar a nigella sativa (cominho preto)

  • Como tempero
  • Suplementação
  • Presente em óleos
  • Em pó
  • Na forma de farinha

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo