Narcisista perverso: O que é e como reconhecer

Desde o início do Big Brother Brasil 2021, reality show da Rede Globo, o comportamento de alguns participantes vem incomodando os internautas. Por isso, assuntos como narcisismo e abuso psicológico vieram à tona. Mas, você já ouviu falar sobre o narcisista perverso?

Apesar de não ser considerado uma patologia em si, o termo diz respeito à manifestação mais extrema do transtorno de personalidade narcisista. Ou seja, quanto mais traços do distúrbio, maiores a chances de a pessoa ser narcisista perverso.

No geral, uma pessoa com transtorno de personalidade narcisista é obcecada por si mesma. Mas, de modo prejudicial. Sabe aquela pessoa que precisa sempre chamar a atenção? O narcisista, sempre que tem oportunidade, cria situações para diminuir os outros.

Dessa maneira, um narcisista perverso vai além. Ou seja, ele busca ter controle total sobre as pessoas ao seu redor. Assim, suas ações são tomadas com o intuito de criar conflito entre suas vítimas, para que elas se tornem completamente dependentes. 

Além disso, indivíduos com este comportamento tendem a manipular pessoas e situações a seu favor. A fim de crescer e se sentir “superior”.

comer bem e cuidar da mente

Como reconhecer um narcisista perverso

Pode ser difícil reconhecer um narcisista perverso. Contudo, os sintomas principais são:

  • Não ter empatia.
  • Ser encantador e agradável para se aproximar de suas vítimas.
  • Não aceitar críticas ou qualquer opinião contrária.
  • Apresentar agressividade e atitudes violentas quando as situações não ocorrem da maneira desejada.
  • Se sentir único.
  • Ameaçar ou explorar os outros para seus próprios interesses.
  • Demonstrar sentimentos de ciúme e inveja.
  • Ser arrogante.
  • Sempre criticar.
  • Ter autoestima elevada.
  • Agir atacando a autoestima e autoconfiança do próximo.
  • Posicionar-se como vítima em qualquer situação.
  • Falar de forma que a outra pessoa se sinta confusa.
  • Mentir sempre.
  • Achar que é perfeito e não deve mudar nada .

Leia mais em: Narcisismo: O que é e como identificar o transtorno

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo