O que é melhor: Mini band (faixa elástica) ou pesos para treinar?

Na escolha do equipamento certo para treinar, você pode ficar na dúvida sobre mini band ou pesos. Os dois equipamentos são capazes de construir músculos, mas existe uma diferença entre eles. 

Mini band

demência

O treinamento com mini band – ou faixa de resistência – traz diversas vantagens. Isso porque as faixas são baratas, leves, portáteis e podem durar muito tempo. Além disso, tanto para iniciantes quanto para levantadores de peso avançados, pode ajudar a aumentar a força geral.

Dessa maneira, mini band pode ser guardada em uma bolsa, gaveta ou armário – podendo ser usada em qualquer lugar quando você estiver fora da academia.  Assim, exercícios como agachamentos, supino, extensões de tríceps e flexões podem ser executados com mini band em vez de pesos livres. 

Leia mais em: Mini band: Comoe tonificar com o elástico para malhar

Em comparação ao levantamento de pesos, por exemplo, o risco de lesões é menor. Pois as faixas de resistência usam movimentos firmes, o que ajuda a manter a forma para evitar lesões. A fita elástica promove alto gasto calórico e está disponível em diversas espessuras, cores e comprimentos, que indicam a intensidade da peça – quanto mais espessa maior a tensão. 

Dito isso, a faixa de resistência ainda pode desempenhar um papel no alongamento e no exercício geral entre as sessões de levantamento de peso.

Leia também: Elásticos para malhar: Conheça o mini band

Pesos

peso do corpo

O uso de pesos reais é mais útil para quem procura construir músculos. O treinamento com pesos tradicional ajuda a aumentar a força máxima e os hormônios responsáveis pela massa muscular. Controlar a resistência exata não é possível com as faixas. Os halteres atingem grupos musculares específicos e podem ser utilizados como um peso a mais durante exercícios como o agachamento e afundo. 

Devido à variedade de peso, você pode levantar uma grande quantidade para ganhar músculos ou levantar halteres mais leves em repetições mais altas, para tonificar e fortalecer.

O uso de pesos aplica estresse a tendões e ligamentos semelhantes às forças dos esportes e da corrida. Ao fortalecer o tecido conjuntivo por meio do treinamento com pesos, é menos provável que você se machuque durante um jogo de basquete ou uma corrida. E, analisando a saúde e a longevidade, o treinamento com pesos melhora a densidade óssea e mantém a massa muscular magra.

Leia também: Malhar em casa: Melhores exercícios e como treinar

Comparação

Diversos estudos foram realizados para comparar as duas formas de treinamento de resistência.

Uma pesquisa feita em 2018 comparou pesos e faixas de resistência, concentrando-se em um pequeno grupo de 29 indivíduos. Assim, o estudo mostrou que as faixas de resistência oferecem resultados semelhantes aos pesos e demonstra que as faixas são uma alternativa razoável ao treinamento com pesos.

Os pesquisadores chegaram à conclusão de que mini band é realmente capaz de proporcionar ganhos de força de maneira semelhante aos pesos.

Contudo, o estudo foi pequeno. Portanto, é difícil determinar sua precisão. No entanto, as faixas de resistência parecem ser uma boa opção para manter a força e o condicionamento geral na ausência de equipamentos de ginástica. Na dúvida, se o objetivo é melhorar a saúde, ser atlético e se sentir bem com a aparência e o movimento, uma combinação de levantamento de peso com a faixa elástica é a melhor aposta. 

Leia também: Como perder gordura do braço

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo