Melancia: Benefícios desse antioxidante natural

Saborosa e fácil de ser encontrada em qualquer época do ano. A melancia é uma fruta que merece espaço em seu cardápio, graças aos inúmeros benefícios que oferece para a saúde. Veja quais para incluí-la agora mesmo na listinha da feira.

Benefícios da melancia

Ajuda a desinchar

A fruta possui 92% de água, fator essencial para não descuidar da hidratação. Aliados à água, o magnésio e o potássio presentes na melancia dão uma forcinha no desconforto causado pelo inchaço. Em dias mais quentes, quando o corpo tende a acumular mais líquidos, a dica é apreciar a fruta sem medo de ganhar ponteiros na balança (a porção de 100g possui 31 kcal), seja em pedaços ou em forma de suco. 

Leia também: Abacaxi: Benefícios da fruta aliada do emagrecimento

Fortalece o sistema imunológico

A melancia é abundante em sais minerais – cálcio, sódio, ferro, magnésio e potássio. Estes nutrientes são campeões em auxiliar a imunidade, além de outras funções importantes. O ferro, por exemplo, atua na prevenção de anemia; o cálcio compõe a estrutura dos ossos; e o magnésio e o potássio têm ação diurética. 

Rica em antioxidantes 

A frutinha fornece vitamina C e carotenoides, antioxidantes responsáveis pela coloração vermelha. Juntos, fazem uma força-tarefa para prevenir envelhecimento precoce, equilibrar as funções do organismo e dão um up na imunidade, em especial por meio da vitamina C. Há estudos que defendem o consumo da melancia por auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer. Mais uma razão para garantir sua porção de saúde.

Leia também: Comer frutas depois da refeição ajuda ou atrapalha a digestão?

Previne e ameniza quadros inflamatórios

Os antioxidantes também têm a função de regenerar tecidos e evitar inflamações. Há ainda um nutriente, chamado cucurbitacina E, que é outro tipo de antioxidante poderoso que desempenha o papel de desinflamar. Por isso, muitos especialistas recomendam seu consumo para doenças de diversas ordens, como as de origem respiratória. Em 2015, foi feito um estudo com ratos de laboratório, que ingeriram melancia em pó. Comparados com um grupo de outros ratos que não consumiram o alimento, os que comeram a frutinha apresentaram  níveis mais baixos de inflamação e estresse oxidativo.

Ótima fonte energética

Treinou pesado? Pois a melancia oferece sais minerais, vitaminas e frutose, que dá uma carga de energia e auxilia a repor os nutrientes perdidos (potássio e sódio, por exemplo).  

Leia também: Camu-Camu: Os benefícios da fruta rica em vitamina C

Capaz de prevenir a obesidade

É o que sugere uma pesquisa publicada no The Journal of Nutrition, que detectou a presença de arginina, um aminoácido que pode ajudar a evitar o sobrepeso e a obesidade. O estudo avaliou ratos durante 12 semanas. Nesse período, os roedores aderiram a uma dieta rica em gorduras aliada a suplementação de arginina. Ao final da pesquisa, os cientistas notaram que os animais tiveram uma redução de até 60% de gordura corporal. Mas, atenção: isso não significa que a melancia seja a única responsável contra a obesidade. O problema é uma doença e exige acompanhamento específico, dieta equilibrada e outros hábitos saudáveis para ser combatida. 

Suco ou a fruta in natura?

As duas alternativas são válidas, desde que a versão em suco contenha apenas a fruta. Evite acrescentar açúcar, que aumenta as calorias da bebida e não acrescenta nenhum valor nutricional. 

Uma forma gostosa é bater melancia congelada com água de coco, que potencializa a hidratação e é extremamente refrescante. No caso da fruta in natura, misture com saladas doces e salgadas, para inovar seu paladar e o cardápio.

Quantidade recomendada

O ideal é consumir até 200 g por dia, mas para cada pessoa ( e necessidade) existe uma quantidade diferente. 

  • Valor energético: 32,6 kcal
  • Proteínas: 0,9g
  • Fibras alimentares: 0,1g
  • Cálcio: 7,7 mg
  • Vitamina C: 6,2 mg
  • Manganês: 0,1 mg
  • Magnésio: 9,6 mg
  • Fósforo: 12,2 mg
  • Ferro: 0,2 mg
  • Potássio: 104,0 mg
  • Zinco: 0,1 mg

Fonte: Giselle Santos, nutricionista graduada pela universidade São Camilo, pós-graduada em nutrição esportiva funcional, fisiologia do exercício e fitoterapia. É atleta de elite do CrossFit do Brasil e proprietária da clínica Healthy Spot e da Laricas Fitness, empresa especializada em doces fitness.

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Chegue no verão com o corpo que você quiser!


 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.