Mayra Cardi inicia crudivorismo após jejum de 7 dias

Após declarar de maneira polêmica que faz jejum de 7 dias, Mayra Cardi contou os novos rumos de sua dieta. Ela publicou uma série de fotos onde aparece rodeada de frutas, verduras e legumes, e afirmou que esses serão seus alimentos pelos próximos dias, pois vai inicia o crudivorismo. 

“7 dias de jejum e não imaginava que iria ser tão mágico. Comprei essas lindas frutas para a semana e agora inicio novamente mais um ciclo do crudivorismo, comendo apenas frutas, verduras e legumes crus, exatamente como fiz na gestação da Sophia (sua filha de dois anos)”. 

Leia também: Método Mayra Cardi: O programa de emagrecimento dos famosos

Crudivorismo: Entenda a nova dieta de Mayra Cardi

Também conhecida por crudivorismo, dieta crua ou raw, a dieta crudívora é muito popular no continente europeu e, como o próprio nome sugere, consiste no consumo de alimentos crus ou com o mínimo de cozimento, que não ultrapasse 40 graus. 

Ela valoriza verduras, frutas, oleaginosas, cereais e sementes germinadas. Exclui, portanto, alimentos industrializados e cozidos; dessa forma, carnes acabam saindo do cardápio da dieta crudívora, e a torna uma variação das dietas vegetariana e vegana.

Benefícios do crudivorismo

  • Embora a primeira impressão seja a de ser uma dieta difícil de ser seguida – afinal, exige tempo, paciência e dedicação para excluir alimentos industrializados e refinados, que são muito presentes no cardápio – a dieta crudívora tem muitas vantagens para a saúde.
  • Preserva o máximo de nutrientes, porque não submete os alimentos a nenhum processo que altere suas propriedades. O cozimento não chega ao ponto de fervura, que é o principal responsável pela perda nutritiva. 
  • Melhora a digestão, em consequência do consumo in natura dos alimentos.
  • Prioriza o consumo de alimentos frescos, chamados “vivos”, que potencializa a ingestão de nutrientes variados. 
  • Por ser rica em frutas, verduras, grãos, vegetais e cereais, é naturalmente saudável e confere alta oferta de vitaminas, minerais e macronutrientes. 
  • Mesmo sem comprovação científica, acredita-se que a dieta crudívora seja capaz de prevenir o envelhecimento precoce, por causa da alta quantidade de enzimas que transportam os nutrientes no organismo e que não são destruídas no processo de cozimento.
  • Ajuda a emagrecer (emagreça com o Tecnonutri)  (emagreça com o Tecnonutri, pois ocorre uma restrição calórica natural por causa dos alimentos permitidos. A rica quantidade de fibras e proteínas presentes nos ingredientes frescos também prolonga a sensação de saciedade, outro fator importante na redução ou manutenção de peso. 

Mas, atenção: a dieta crudívora precisa ser bem planejada para não ter efeitos contrários. 

Leia também: Dá para emagrecer apenas algumas partes do corpo?

Alimentos permitidos no crudivorismo

  • Verduras e legumes crus
  • Frutas em sua forma natural, desidratadas ou em forma de sucos
  • Alimentos fermentados
  • Oleaginosas (nozes, amêndoas, castanhas, macadâmia etc) cruas e também em forma de bebidas, óleos e manteigas
  • Leguminosas
  • Cereais
  • Algas marinhas
  • Sementes e brotos, como o de feijão e alfafa
  • Óleos prensados a frio (azeite de coco e oliva, por exemplo)
  • Embora não seja comum, é possível incluir carnes e peixes crus, desde que preparadas de forma segura, além de ovos e leite sem ser pasteurizado. 

Leia também: Pirulito para emagrecer: Conheça o método adotado por Anitta

Dicas e cuidados para começar a dieta crudívora

Se você gostou da proposta do crudivorismo, é importante procurar um nutricionista para elaborar uma transição saudável. Ao seguir por conta própria, corre-se o risco de sofrer com restrições, o que pode levar à compulsão alimentar, além da deficiência nutricional se não houver a escolha adequada dos alimentos. 

É possível seguir uma dieta parcialmente crudívora, incluindo uma ou duas refeições com alimentos crus. Existem diversas receitas saborosas que podem ser preparadas apenas com ingredientes in natura

Cuide bem da hidratação. Apesar dos alimentos permitidos possuírem boas quantidades de água na composição, em contrapartida possuem fibras, que precisam de líquidos para serem dissolvidas. Isso evita prisão de evita e desidratação.

Capriche nos temperos naturais, como cebolinha, salsinha, gengibre, pimenta, curry e outras ervas para conferir sabor ao cardápio. 

Lave bem os alimentos para evitar intoxicação alimentar e escolha os fornecedores seguros para adquirir os ingredientes. 

No caso de grãos, como grão-de-bico, feijões e lentilha, deixe-os de molho por, no mínimo, 8h, trocando a água a cada 2h para evitar gases e dificuldades na digestão.

Fonte: Milena Lopes, nutricionista da Clínica NutriCilla. Pós-graduada em nutrição clínica pelo GANEP.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.