Linhaça: Os benefícios da poderosa semente

A linhaça, uma semente versátil, é conhecida por seus inúmeros benefícios para a saúde. Ela é, na verdade, a semente do linho, planta que dá origem ao tecido de mesmo nome. 

Cultivada há milênios, especialmente na região da Mesopotâmia, hoje é considerada um alimento funcional, ou seja, não apenas ajuda nas funções básicas do organismo, mas também é altamente nutritiva – fonte de fibras, vitaminas e minerais.

A semente é conhecida por ser rica em ômega-3 e fibras. Não só, é rica em cálcio, magnésio e, principalmente, fósforo e potássio.

Benefícios da linhaça

Combate a prisão de ventre

Fonte de fibras, ajuda na digestão, assim, beneficia a saúde da flora intestinal, combatendo a prisão de ventre. Consequentemente, facilita o emagrecimento.

Beneficia a saúde do coração

Rica em ômega-3 (gordura boa), o superalimento beneficia a saúde do coração, de modo que proporciona a diminuição do nível de colesterol no sangue. Não só, dificulta o ganho de gordura, assim, facilita o emagrecimento.

Leia mais: Alimentos que ajudam a diminuir o colesterol

Alivia o estresse

Também, por sua riqueza em gordura boa, especialmente o ômega-3 e o ômega-6, ajuda na regulação hormonal, no bom humor, bem como no processo de cicatrização e inflamatório. 

A linhaça já demonstrou eficiência no combate a outras doenças:

  • Câncer de próstata
  • Obesidade
  • Diabetes
  • Hipertensão

Desvantagens 

Por ser rica em gorduras poli-insaturadas (os ômegas), a semente de linhaça quando triturada não deve ser armazenada por longos períodos devido à ocorrência de oxidação destes componentes e consequente perda de suas propriedades nutricionais.

O consumo de dois copos de café de farelo de linhaça pode representar uma ingestão excessiva de fibras alimentares que, segundo estudo realizado pelo Departamento de Nutrição da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, pode prejudicar a absorção de nutrientes no intestino. Caso o elevado consumo de linhaça e, portanto de fibras alimentares não seja associado à adequada ingestão de líquidos pode ocasionar constipação intestinal.

Comer linhaça emagrece?

A linhaça vem ganhando espaço no cardápio de quem está preocupado em emagrecer (emagreça com o Tecnonutri)  – e o fenômeno não é por acaso. Muitos estudos confirmaram seu poder de eliminar os quilinhos extras. A notícia se espalhou rapidamente e transformou esse superalimento em sucesso absoluto.

O que faz da linhaça uma aliada infalível contra a balança? Especialmente sua grande quantidade de fibras alimentares, que podem contribuir para aumentar a sensação de saciedade. Além disso, a semente é fonte de ômega-3 e ômega-6, conhecidas como gorduras boas por ajudarem a prevenir doenças cardiovasculares.

Uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostrou que as fibras presentes na casca da semente controlam os níveis de açúcar no sangue e, com isso, amansam a fome.

Nesse estudo, mulheres obesas passaram a consumir uma mistura de iogurte com quatro colheres de sopa de linhaça no café da manhã. Elas sentiram menos vontade de comer ao longo do dia, economizando no total de calorias diárias.

Mas, comer linhaça emagrece?

Não há solução mágica para a perda de peso, mas as sementes de linhaça podem ajudar no processo. As fibras, que mantém os níveis de glicose balanceados, mandam a fome embora, auxiliando na perda de peso. Fibras mantêm você saciada. Quanto mais saciada, menos frequentemente você come.

Como usar a semente

O melhor é recorrer à sua farinha. Isso porque, de tão pequena, a semente nem sempre é mastigada inteira. Fora que não temos enzima para digerir a celulose presente na casca.

Qual é melhor: marrom ou dourada? 

As duas têm o mesmo valor nutricional, mas a dourada tem um sabor mais suave e a casca menos rígida, o que facilita a absorção dos nutrientes pelo organismo. 

óleo de linhaça

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo