Lesão labral: O que é e quais são os tratamentos

A lesão labral – também conhecida como a lesão labrum – é uma das causas mais comuns das queixas sobre dores no quadril. 

Em primeiro lugar, o labrum compõem a articulação do quadril. Dessa forma, ele fica localizado na borda do acetábulo, onde o fêmur se encaixa. Essa estrutura é importante para amortecer a articulação e ajudar na mobilidade. 

Assim, a lesão labral ocorre principalmente em esportes que envolvem movimentos repetitivos. As lesões vão se formando e se tornando maiores a cada movimento. Além disso, esse problema também pode ocorrer por consequência de doenças que afetam a estrutura do quadril. 

Sintomas da lesão labral

Os sintomas mais comuns da lesão labral incluem:

  • Dor no quadril ou na virilha, principalmente após os longos períodos em pé, sentado ou caminhando;
  • Rigidez ao movimentar a articulação do quadril;
  • Estalos seguidos de dor;
  • Sensação de travamento no quadril.

Leia também: Capsulite adesiva: O que é e quais são os tratamentos

Tratamentos

Para ter o diagnóstico, é necessário fazer um exame físico detalhado através de exames de imagem, como por exemplo, a ressonância magnética. 

O tratamento irá depender da gravidade de cada caso. Mas, geralmente, o indicado é evitar as atividades físicas por 4 semanas e tomar anti-inflamatórios para reduzir as dores. 

A fisioterapia também é fundamental no tratamento da lesão. Durante as sessões, o paciente fará os exercícios e os alongamentos específicos para aumentar a força e a estabilidade do quadril.

A cirurgia pode ser indicada em casos mais graves, quando não houve resultado com os outros tratamentos. Este tipo de cirurgia é feita com uma câmera de fibra óptica. Dessa maneira, os instrumentos cirúrgicos são inseridos por meio de pequenas incisões na pele

Se você deseja evitar que isso aconteça, busque fortalecer todos os grupos musculares da região do quadril. A prática de exercícios é importante não só para evitar as lesões, mas também para você melhorar a sua qualidade de vida. Os benefícios da atividade física são diversos, tanto para a mente quanto para o corpo.

Leia também: Lesão por esforço repetitivo (LER): Como tratar e evitar

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo