Lentilha rosa: Os benefícios de consumir a leguminosa

A lentilha rosa é um dos tipos de lentilha, leguminosa que existe em várias cores. Apesar de ser chamada de rosa, é naturalmente laranja. Essa é uma variedade que não possui pele e tem textura mais suave que as lentilhas mais consumidas – verde e marrom.

Entre suas propriedades, destaca-se a abundância em proteínas. Também é fonte de muitos minerais, como cálcio, e vitaminas.

Benefícios de incluir a lentilha rosa na dieta

Ajuda no ganho de massa magra

Por ser uma excelente fonte de proteína vegetal, incluir a lentilha na dieta pode ajudar quem quer ganhar massa magra. Não só, as proteínas também são importantes para a saúde geral dos músculos e do organismo.

Leia também: Maneiras de consumir proteína sem precisar comer carne

Regula o funcionamento intestinal

Além dos minerais e vitaminas, ela é também fonte de fibras. Portanto, ajuda a regular o funcionamento intestinal, previne a constipação (prisão de ventre) e, dessa forma, pode facilitar o emagrecimento, uma vez que previne o inchaço abdominal.

Previne a anemia

A anemia é decorrente da deficiência de ferro no organismo. Em resumo, a anemia é trata-se da redução da quantidade de glóbulos vermelhos e sangue e, felizmente, há alimentos que combatem isso e seus efeitos, a exemplo da lentilha rosa.

Protege a saúde do coração

Rica em fibras, a leguminosa ajuda a proteger a saúde cardiovascular, uma vez que esses carboidratos ajudam no controle da pressão arterial. Não só, sua abundância em fibras também controla o nível açúcar presente na corrente sanguínea, o que pode prevenir diabetes.

Alivia sintomas de estresse e ansiedade

Por conter triptofano, o precursor da serotonina, o consumo da lentilha alivia sintomas de estresse e ansiedade. Pois, a serotonina é conhecida como o hormônio da felicidade e do bem-estar. Além disso, adicionar a lentilha na dieta pode garantir melhores noites de sono.

Como consumir a lentilha rosa

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo