Habilidades socioemocionais: Entenda a importância

Tomar decisões, resolver conflitos, lidar com as emoções alheias e os próprios sentimentos. Tudo isso faz parte do nosso dia a dia e são atividades que requerem habilidades socioemocionais para serem cumpridas. As habilidades socioemocionais são fundamentais para o desenvolvimento do ser humano. Assim, envolvem estratégias para reconhecer, avaliar e administrar seus sentimentos e de perceber as emoções de outras pessoas com as quais se relaciona.

Dessa maneira, é uma necessidade social que ajuda a gerenciar melhor as situações do cotidiano. As habilidades socioemocionais abrangem autoconhecimento, empatia, criatividade, ética, comunicação e resiliência — capacidade de superar obstáculos bem como adaptar-se a mudanças e situações adversas.

Essas habilidades são exigidas diariamente em diversas circunstâncias da vida e estão ligadas à capacidade de agir, pensar, sentir e decidir. Além disso, elas devem ser desenvolvidas desde o início da vida, para viver em sociedade construindo relações saudáveis, seja em casa, no trabalho ou nos estudos. 

Leia também: Inteligência emocional: O que é e benefícios

Segundo um estudo realizado na Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, esse conjunto de competências é resultado da combinação da aprendizagem emocional proporcionada pelo ambiente familiar, social ou escolar, e do próprio desenvolvimento pessoal da pessoa na área das emoções.

comer bem e cuidar da mente

Benefícios das habilidades socioemocionais

Uma análise realizada na Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, mostrou que crianças a partir dos 4 anos treinadas em habilidades socioemocionais demonstraram um melhor desempenho ao longo da vida profissional e acadêmica. Além disso, existem outros benefícios que a prática pode proporcionar, veja alguns deles:

  • Aumenta a perseverança quando se trata de atingir metas, pois quando colocamos as emoções a nosso favor, nossas habilidades melhoram;
  • Melhora as relações de amizade, trabalho, família e afetivas;
  • Resolução de problemas de forma mais eficaz;
  • Aumento da autoestima e do autocontrole;
  • Os níveis de estresse e ansiedade são reduzidos;
  • Favorece o bem-estar mental e físico.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo