Guavira (guabiroba): Conheça a fruta do Cerrado

A guavira, também chamada de guabiroba, é uma fruta típica do Cerrado. De sabor doce, é fonte de vitamina C, ferro e mais nutrientes importantes para a saúde. A princípio, além de ajudar no fortalecimento da imunidade, seu consumo pode prevenir a anemia. Ela é da mesma família que a goiaba e a jabuticaba.

emagreça com o Tecnonutri) com low carb">

Benefícios da guavira

Ajuda na digestão

Rica em fibras e também abundante em água, é uma fruta hidratante e que pode auxiliar no trânsito intestinal. Assim, seu consumo facilita a digestão e previne a constipação, ou seja, a prisão de ventre.

Previne a anemia

Além das fibras, o ferro é abundante na composição da guavira. Portanto, seu consumo pode prevenir ou a combater a anemia, condição que se caracteriza pela deficiência de ferro no sangue, o que causa a falta de glóbulos vermelhos.

Leia mais: Anemia: Alimentos que ajudam a combater

Fortalece a imunidade e previne inflamações

Ainda, por ser rica em vitamina C, fortalece a imunidade e prevenir inflamações, pois a vitamina é anti-inflamatória. Não só, ajuda a combater a ação dos radicais livres, principais responsáveis pelo estresse oxidativo – causador de doenças crônicas, bem como do envelhecimento precoce.

Leia também: Alimentos com mais vitamina C que a laranja

Pele e olhos saudáveis

Além da vitamina C, o betacaroteno também está abundantemente presente na composição da guavira. Em resumo, esse é um antioxidante carotenoide que beneficia em especial a saúde da pele e dos olhos. No organismo, ele é transformado em vitamina A e atua na conservação do colágeno (essencial para a jovialidade da pele), na prevenção do estresse oxidativo, prevenindo doenças nos olhos, como a conjuntivite, além de assegurar a força dos ossos.

Como consumir a guavira

  • In natura
  • Salada de frutas
  • Chá

Como fazer o chá de guavira

O chá de guavira é conhecido por ajudar no tratamento de infecções urinárias e cistites. Não só, ele é diurético e combate a retenção de líquido.

  • 30 g de folhas ou da casca da fruta
  • 500 ml de água fervente

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo