Gordura marrom pode ser benéfica para a saúde? Entenda

gordura corporal é um tópicos surpreendentemente complexo. A ideia é bastante simples – é a gordura armazenada no corpo. Mas, você sabia que existem tipos diferentes de gordura corporal, cada qual desempenhando um papel? A gordura marrom, por exemplo, é ativada quando você fica com frio. A gordura marrom usa energia (queima calorias) para gerar calor (termogênese), o que ajuda a manter a temperatura do corpo.

Surpreendentemente, descobriu-se que indivíduos mais magros apresentam mais gordura marrom do que aqueles que são obesos. Ela envolve órgãos, artérias e veias principais e, às vezes, pode ser encontrada no pescoço e nas axilas, entre as omoplatas e no abdômen.

Não só, o consumo de alimentos ricos nessa gordura pode também fortalecer a imunidade, ou seja, o sistema imunológico.

Gordura marrom x gordura branca

No corpo humano, existem dois tipos de tecidos adiposos, ou seja, dois tipos de tecidos que armazenam gordura. A princípio, o tecido adiposo branco armazena a gordura branca exclusivamente. Em contrapartida, o tecido adiposo marrom, que acumula a gordura marrom, também é responsável pela geração de calor.

Ainda, ela é mais encontrada em bebês recém-nascidos e em animais que tem a hibernação como parte de sua natureza. Sendo assim, humanos adultos que a possuem em maior quantidade são mais magros que aqueles que possuem mais gordura branca. Felizmente, a gordura branca pode ser transformada em marrom.

Segundo um estudo realizado na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a gordura retido no tecido adiposo marrom pode ser utilizada como forma de tratamento para a obesidade e a diabetes. Além disso, ela ajuda a controlar os níveis glicêmicos, evitar síndrome metabólica, entre outros problemas, ao usar seu estoque extra para gerar calor. 

Leia também: Gordura saturada e insaturada: Qual a diferença

Benefícios para a saúde

Os principais benefícios para a saúde são relacionados à perda de peso, pois ela estimula e acelera o metabolismo (o conjunto de transformações que as substâncias químicas sofrem no interior dos organismos vivos). Assim, ajuda na queima de tecido adiposo. Não só, ela pode ajudar a imunidade, melhor protegendo o organismo de doenças, infecções e inflamações diversas.

Leia mais: Qual tipo de gordura do corpo é mais fácil de perder?

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo