Gérmen de trigo: Conheça a parte mais nutritiva do cereal

O gérmen de trigo é a parte mais nutritiva e macia do trigo, que é descartada durante o processamento do trigo para a fabricação da farinha branca. As outras partes são o farelo e o endosperma.

Rica fonte de minerais (ferro, cálcio, fósforo, entre outros), o gérmen também contém ácidos graxos, como o ômega-3, bem como vitaminas, especialmente as do complexo B. Ainda é versátil e pode ser consumido de diversas maneiras.

Benefícios do gérmen de trigo

Promove maior sensação de saciedade

O gérmen pode ajudar quem pretende perder peso, pois ajuda a promover maior sensação de saciedade devido à abundância em fibras. Rico também em ácidos graxos, como o ômega-3, dificulta o acúmulo de gordura corporal.

Leia também: Melhores fontes vegetais de ômega-3

Ajuda no ganho de massa magra

Ainda, é também fonte de proteína e, por isso, pode ajudar quem pretende ganhar massa magra. De forma que beneficia a saúde dos músculos, o gérmen de trigo atua não apenas na hipertrofia, mas também para manter em dia a saúde muscular.

Previne a anemia

Fonte de muitos minerais, o ferro se destaca por ser especialmente abundante em sua composição. Por isso, ajuda a prevenir a anemia, que é causada pela baixa ingestão de ferro.

Leia também: Bons níveis de ferro no sangue podem retardar o envelhecimento

Protege a saúde do coração

Entre as vitaminas que compõem essa porção do trigo, a vitamina E é abundante. Ela é naturalmente antioxidante e trabalha a favor da saúde cardiovascular, além de fortalecer a imunidade. Além disso, o ômega-3 pode evitar doenças cardiovasculares, como a elevação exagerada de pressão arterial (hipertensão).

Como incluir gérmen de trigo na dieta

  • Junto a vitaminas, smoothies e sucos
  • Com cereal e iogurte
  • Na salada de frutas
  • Sopas e caldos
  • Massa de bolos, pães, tortas, quiches e salgados

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo