Garra-do-diabo: Conheça as propriedades da planta medicinal

A garra-do-diabo é uma planta rica em propriedades de ação medicinal e pode ajudar no alívio de dores no corpo. Nativa do continente africano, ela é anti-inflamatória e por isso passou a ser muito usada pela indústria farmacêutica.

Propriedades da garra-do-diabo

A princípio, suas principais propriedades são de ação analgésica e anti-inflamatória. Por isso, ela ajuda no alívio de dores corporais, como a artrite. Ainda, ela também contém propriedades antipiréticas (contra a febre) e anti-reumáticas.

Benefícios da garra-do-diabo

Alivia a febre e dores

Antipirética, essa planta ajuda a aliviar um sintoma comum da gripe e de resfriados: a febre. Não só, é especialmente utilizada no tratamento de doenças de fundo inflamatório e que costumam causar dores no corpo, tais como artrose, artrite reumatoide, bursite, fibromialgia, tendinite, dor lombar (lombalgia) e mais.

Leia também: Barbatimão: Os benefícios da planta brasileira

Estimula o apetite

Para quem deseja ganhar peso, a garra-do-diabo pode ser uma grande aliada, pois ela pode provocar o aumento do apetite. Entretanto, essa ação não é ainda cientificamente comprovada.

Estômago e intestino saudáveis

A planta é naturalmente tônica, ou seja, pode ajudar a melhorar a digestão e prevenir sintomas de constipação, vômitos e diarreias. Entretanto, seu uso não é recomendado para quem sofre de úlceras do estômago ou duodeno. Ainda, em pessoas que têm o estômago sensível, a planta pode provocar transtornos gastrintestinais ligeiros, como diarreia, náuseas ou indigestão.

Como utilizar a garra-do-diabo

  • Chá
  • Cápsulas
  • Na forma de gel aplicado sobre a pele

Leia mais: Uxi amarelo: Os benefícios da planta medicinal amazônica

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo