Quanto tempo leva para ganhar massa muscular?

Ganhar massa muscular e perder gordura é uma meta fitness de muita gente. Afinal, isso significa ter um corpo mais definido e com músculos em evidência. No entanto, existe um tempo específico para alcançar a hipertrofia.

Para desenvolver os músculos as fibras musculares devem ser alteradas. Por isso, é necessário um aumento da força muscular adquirida através de treinos resistidos. Dessa maneira, os exercícios de musculação curtos e intensos são essenciais.

Leia mais em: Cronologia: O que acontece com o corpo quando você começa a treinar

Como ocorre o ganho de massa muscular

O processo de ganho de músculos inicia com o estresse gerado pela contração muscular. Em seguida, ocorre o aumento do tamanho da fibra muscular – o que é chamado de hipertrofia. 

Nas primeiras semanas de treinos, ocorre a adaptação neural, quando surgem as dores musculares. Mas é no segundo mês que os resultados começam a aparecer: “Acontece um primeiro ganho de resistência, força ou flexibilidade muscular; dependendo do objetivo do treino” explica Bianca Pichirilli, educadora física.

Já no 5º mês, é possível ver o aumento dos músculos e o alcance da hipertrofia. Nesse momento que se nota a diferença de antes e depois do corpo. “Porém, nessa fase os treinos devem ser sempre ajustados, pois seu corpo irá estabilizar caso mantenha os mesmos estímulos” finaliza a especialista.

Leia também: Qual a proporção ideal de massa magra e massa gorda no corpo?

Assim, é importante enfatizar que para tornar o ganho de massa muscular mais rápido, você pode adotar algumas estratégias. No entanto, você deve ter a orientação de um educador físico.

Benefícios da massa magra

Construir músculos vai muito além de ter um corpo mais “definido”. Através disso você pode usufruir de vários benefícios. Portanto, veja alguns deles:

  • Melhora o equilíbrio;
  • Aumenta a densidade óssea;
  • Desenvolve a amplitude de movimentos;
  • Aumenta a força, a resistência e a potência muscular;
  • Contribui para a queima de calorias;
  • Diminuição da massa de tecido adiposo total (ou seja, a gordura corporal).

Leia também: Dieta para ganhar massa muscular

Fonte: Bianca Pichirilli – educadora física formada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo