Frutose: Saiba tudo sobre o açúcar das frutas

A frutose é o tipo de açúcar naturalmente presente nas frutas. Assim como a glicose, é um monossacarídeo e faz parte do grupo dos carboidratos simples. Além de presente nas frutas, também é adicionada a alguns alimentos industrializados, como o xarope de frutose. Porém, alimentos industrializados ricos em frutose devem ser evitados, como refrigerantes, molhos industrializados, chocolates, alguns tipos de pães, salsicha e presunto. 

A frutose também pode ser sintetizada pelo próprio organismo, a partir da glicose e via o sorbitol, também chamado de glucitol, presente em frutas como a maçã e a ameixa.

Frutas ricas em frutose

Frutas são alimentos essenciais para qualquer dieta (emagreça com o Tecnonutri) . Fontes de fibras, vitaminas e energia (carboidratos complexos), elas são muito nutritivas. Mas, parte essencial de sua composição é também o açúcar, mais especificamente a frutose, seu adoçante natural. 

Tâmara

A tâmara é uma das frutas mais ricas em frutose, especialmente quando ressecada, contendo cerca de 32g do açúcar. Ela é conhecida justamente por ser bastante doce e é comumente utilizada para substituir o açúcar branco em receitas saudáveis.

Banana

A banana também é uma fruta bastante doce, o que é explicado pela grande quantidade de frutose em sua composição (7g). No entanto, ela é também uma grande fonte de potássio, fibras e diversas vitaminas.

Ameixa

A ameixa é conhecida por ser rica em fibras, mas é também rica em açúcar, contendo cerca de 12,5g por unidade da fruta.

Manga

A manga é também rica em fibras, bem como vitaminas. Ainda, é uma das frutas mais adocicadas – contendo cerca de 16g de açúcar por fruta.

Caqui

O caqui é muito querido por muitas pessoas, especialmente devido ao seu sabor doce, o qual se justifica pela grande presença de frutose em sua composição (12g por unidade).

Leia mais: Excesso de açúcar é convetido em acúmulo de gordura no coração e abdômen

O açúcar da fruta é tão ruim quanto o açúcar refinado?

De modo geral, não. Afinal, o açúcar das frutas – a frutose, acompanha outros nutrientes importantes para a saúde. Entretanto, especialistas reiteram: tudo depende da quantidade ingerida. Ainda, a quantidade ideal também é algo que varia conforme o organismo e a saúde de cada um. Por exemplo, um paciente de diabetes ou outra condição em que seja necessário monitorar a ingestão de carboidratos e açúcares, até mesmo a frutose pode ser prejudicial quando consumida em excesso. 

A frutose pode causar o ganho de peso?

Assim como outros tipos de açúcares, sim, ela pode causar o ganho de peso. Não só, também pode impactar negativamente a saúde de pacientes de diabetes e pré-diabéticos.

Por isso, apesar da importância de consumir frutas diariamente, as quantidades devem ser controladas especialmente quando trata se de dietas de emagrecimento ou alimentações planejadas para diabéticos. Lembre-se: o segredo para tudo é manter o equilíbrio e consumir com moderação.

Leia também: As melhores frutas para quem tem diabetes

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo