Fitness x Wellness: Você sabe a diferença?

Não é de hoje que manter um estilo de vida mais saudável tem sido uma preocupação cada vez mais presente na vida das pessoas.

Contudo, nem sempre elas se informam o bastante para conseguir aliar suas atividades aos seus objetivos. Por exemplo, você sabe o que é fitness e wellness e quais as diferenças entre os dois conceitos? 

Entender a diferença entre fitness e wellness é importante para quem deseja fazer as melhores escolhas na hora de cuidar da alimentação e da saúde, além de atingir os resultados esperados nos exercícios físicos e dietas.

Leia também: Saiba o que comer antes da corrida

Fitness

Mais presente no dia a dia, a palavra é formada pela junção em inglês de “fit”, que significa boa forma, e “ness”, que é um sufixo que transforma adjetivos em substantivos quando se quer designar um estado ou uma condição, por exemplo, “hapinness” que tem o significado de felicidade.

Fitness, portanto, significa resistência ou condição que o corpo possui para funcionar de uma maneira eficiente em todas as atividades de seu dia a dia e ainda se mantendo saudável. Eclético, o estilo de vida fitness pode estar presente em diversas etapas e contempla a todos, mesmo que necessite de adaptações para que seja cumprido.

“Fitness está ligado à aptidão física de cada pessoa e sua capacidade de realizar os exercícios, visando melhorar o condicionamento físico como força, agilidade, flexibilidade e outros, além da boa forma. É necessário sempre buscar melhorar a performance diariamente”, explica o educador físico Washyngton Rafael de Sales, de São Paulo.

Modalidades mais comuns no mundo fitness:

Wellness

fitness e wellness

A filosofia wellness surgiu na década de 1970 pelo autor e médico americano John W. Travis, como prática de levar ao paciente e à sua família a responsabilidade por sua própria saúde. Com isso, a ideia de cuidar da saúde a fim de prevenir e evitar doenças tornou-se algo extremamente buscado.

Wellness é uma extensão do termo bem-estar. É um esforço em conscientizar as pessoas que saúde é muito mais do que emagrecer, ganhar massa muscular, ou definir o corpo. Inúmeros benefícios acontecem mesmo quando não ocorre a mudança na composição corporal.

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Chegue no verão com o corpo que você quiser!

“Wellness visa o bem-estar, procura promover a prática de exercícios para resultar em benefícios não só para o corpo, mas também para sua mente e todo o funcionamento do organismo, visando também o ambiente de interação social com os outros e com o ambiente”, salienta o educador físico.

O wellness também é frequentemente associado a outro termo da moda, o clean eating (alimentação limpa), ideia de que se deve consumir alimentos in natura ou que são minimamente processados.

Em 2017, o mercado global de wellness foi estimado em US$ 3 trilhões, ultrapassando a gigante indústria farmacêutica pela primeira vez na história. Numa análise imediata, esse dado, fornecido pelo bureau de tendências WGSN, indica que as pessoas estão buscando um estilo de vida mais saudável antes de precisar se medicar.

As dimensões que integram o wellness:

Bem-estar físico

Para o wellness é preciso ir mais além do que definir o bem-estar físico como não sentir dor ou estar dentro do peso ideal, porque estar saudável não se limita apenas a ser livre de qualquer tipo de doença, trata-se, principalmente e acima de tudo, de sentir-se bem, o que pode incluir, por exemplo, deixar de lado os hábitos pouco saudáveis, como fumar.

Bem-estar emocional

Sentir-se melhor independentemente do que aconteça externamente e acreditar que autodesenvolvimento é a chave para ter uma vida melhor são algumas das estratégias e técnicas trabalhadas para reconhecer e gerenciar as próprias emoções, permitindo que o indivíduo invista muito melhor no próprio bem-estar.

Bem-estar intelectual

É o estado relacionado à manutenção de uma mente aberta ao encontrar ideias e conhecimentos novos. Salienta também a importância de participar de atividades culturais, o que contribui para o desenvolvimento do intelecto.

Bem-estar social

Essa dimensão diz respeito a amigos, família, colegas e a relacionamentos amorosos – promovendo a importância da qualidade que deve existir nos relacionamentos interpessoais.

Bem-estar ambiental

Aqui fala-se de consciência ambiental, no âmbito de respeitar e proteger a natureza. Passar a se preocupar mais com o meio ambiente e sua preservação.

Bem-estar profissional

As responsabilidades profissionais marcam uma grande parte da nossa vida e do nosso tempo, Portanto, é essencial refletirmos sobre a satisfação pessoal, o enriquecimento que o trabalho traz à vida e a importância da harmonia entre o campo profissional e o pessoal.

Bem-estar espiritual

Necessidade de desenvolver uma paz interna, com valores que  auxiliam na procura de um sentido e um propósito para a vida. Sua representação pode vir de várias maneiras, como religião ou relaxamento.

Modalidades mais comuns no mundo wellness:

É possível ser fitness e wellness?

Ser fitness ou wellness não são categorias excludentes, pois combinar as práticas dos dois termos visam, no geral, tirar a pessoa do sedentarismo e mudar seu estilo de vida através de atividade física e adoção de atitudes para melhorar sua saúde. A ideia é promover a qualidade de vida e o bem-estar como um todo.

“Na verdade, é um grande erro – muito comum – dizer absolutamente que um exercício é apenas fitness e que outro é apenas wellness. Todo e qualquer exercício quer ter como resultado melhorar a aptidão física, assim como promover o bem-estar em quem o pratica. Dividir em categorias mais afasta do que motiva as pessoas em se tornarem ativas.

O profissional de saúde deve oferecer a possibilidade de se aliar as duas coisas, ainda mais porque a prática do exercício físico libera hormônios que garantem a sensação de bem-estar. O importante é que as pessoas encontrem uma atividade que goste, que proporcione prazer e que seja possível de realizar no mínimo três dias por semana”, orienta o educador físico  Giulliano Esperança, diretor técnico da Sociedade Brasileira de Personal Trainers.

Leticia Gaspar

Revisado por

Leticia Gaspar - Educadora Física

Estudante de Educação Física na UNIFESP, desenvolve pesquisas socioculturais na faculdade e tem experiência com modalidades para condicionamento e emagrecimento com adultos e idosos.

 
 

Sobre o autor

Amanda Figueiredo
Amanda Figueiredo
Jornalista, editora sênior de nutrição, saúde e bem-estar.