Ficar sem jantar emagrece: Mito ou verdade?

Existe uma teoria que ficar sem jantar emagrece, mas será que isso é mesmo verdade? Na verdade, o que realmente pode provocar a perda de peso é o déficit calórico, que é consumir menor calorias do que se gasta, e não pular uma refeição ou outra. Ou seja, se essa prática pode ajudar no emagrecimento ou não depende de outros fatores.

Ficar sem jantar emagrece mesmo?

A princípio, a ideia de que ficar sem jantar pode emagrecer (emagreça com o Tecnonutri) vem da crença de que, na parte da noite, estamos mais passíveis ao acúmulo de gordura corporal. Porém, isso não é exatamente verdade. Afinal, o que realmente provoca a perda de peso é o déficit calórico e ficar sem jantar não vai necessariamente implicar nisso. Portanto, o jejum deve ser pensado levando em consideração todas as refeições do dia e a soma de calorias total. Além disso, não deve ser feito sem a recomendação e o acompanhamento de um médico.

Na realidade, no que diz respeito ao jantar, o que pode realmente ajudar na perda de peso é jantar mais cedo, de acordo com um estudo publicado em junho de 2020. Da mesma maneira, recomenda-se que essa seja uma refeição mais leve, com menos carboidratos e mais fontes de proteína no prato.

Sendo assim, não é possível considerar que pular o jantar promove o emagrecimento a longo prazo. Sendo assim, pode haver perda de peso, mas os resultados não serão duradouros.

Leia mais: É possível emagrecer sem dieta? Saiba mais

Desvantagens de ficar sem jantar

Pode prejudicar o sono

Ir dormir com fome pode ser muito desagradável e, por isso, ficar sem jantar pode prejudicar a qualidade do sono. O que pode até levar a episódios de insônia.

Leia também: Como sua dieta pode causar estresse e ansiedade

A longo prazo, pode causar o aumento do apetite

A privação pode gerar compulsão futuramente. Ou seja, se proibir de jantar com a intenção de emagrecer pode, a longo prazo, causar o aumento do apetite e provocar a recuperação do peso perdido.

Leia mais: Queda de cabelo depois de emagrecer: Entenda a relação

Pode provocar o catabolismo

Além disso, pular a refeição também pode levar o corpo a passar pelo catabolismo durante a noite. Por isso, esse hábito não é aconselhável para quem tem a hipertrofia como objetivo. Ou seja, para quem deseja ganhar massa magra, também chamada de massa muscular.

Em resumo, o catabolismo é a fase destrutiva do metabolismo, ou seja, a fase em que o sistema metabólico destrói os músculos a fim de gerar energia para o corpo.

Leia também: Ganhar massa muscular ou emagrecer: O que fazer primeiro?

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo