Ferritina alta: O que causa, como tratar e alimentos indicados

A ferritina é uma proteína produzida no fígado e que atua no armazenamento de ferro no corpo, por isso, quando está alta, indica que há excesso do mineral. Sendo assim, a ferritina alta está relacionada ao aumento da presença de ferro na corrente sanguínea.

Refeição de Dieta Low Carb

Fatores que podem causar a ferritina alta

Afinal, o que exatamente causa o aumento da ferritina? A alta da proteína está associada a processos inflamatórios, por isso, pode ser um sinal de doenças como a gripe ou até mesmo o câncer. Pois, ela faz parte da defesa do corpo. Ou seja, atua a favor da imunidade. Porém, essa também pode ser uma condição hereditária.

Além disso, o aumento da ferritina também pode ser um indicador de outros problemas como, por exemplo:

Por fim, tanto o alcoolismo como a hepatite podem levar o fígado a sofrer cirrose, a qual também pode causar a alta da ferritina.

Leia mais: Como absorver melhor o ferro dos alimentos

Principais sintomas e como é feito o diagnóstico

Quem sofre com essa condição tende a sentir dores nas articulações, cansaço e possivelmente falta de ar, bem como dores abdominais. A fim de obter esse diagnóstico, é preciso fazer um exame de sangue.

Leia também: Bons níveis de ferro no sangue podem retardar o envelhecimento

É possível tratar essa condição?

O tratamento pode variar de acordo com a sua causa. Porém, em geral, o tratamento se dá por meio de mudanças na alimentação. Por exemplo, com a alta da proteína, recomenda-se evitar alimentos ricos em ferro e em vitamina C, pois ela atua na absorção do mineral no corpo.

Alimentos indicados para quem tem ferritina alta

Leia mais: Ferro durante a gravidez: Importância e porque consumir

No entanto, assim como existem os alimentos cujo consumo é mais recomendável, também tem aqueles que é melhor evitar, como, por exemplo a carne vermelha, o brócolis e outros vegetais de cor escura, folhas verdes (espinafre, couve e mais) e alimentos ricos em vitamina C, como as frutas cítricas.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo