Fermento de arroz vermelho: Benefícios e como consumir

O fermento de arroz vermelho é um suplemento dietético utilizado para o controle do colesterol, em especial aquele considerado ruim, o LDL. Sendo assim, atua na produção de colesterol pelo fígado e no bloqueio de enzimas que estimulam a produção do LDL.

Seu potencial regulador ajuda a prevenir, a longo prazo, o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Ainda, ele também beneficia a saúde do fígado e pode fortalecer a imunidade.

Leia mais: Como medir o colesterol bom para prever risco de doenças

Dieta simples e barata para emagrecer

Como é feito o fermento de arroz vermelho

A fermentação do arroz vermelho dá origem a esse fitoterápico saudável. Em resumo, o fermento é obtido a partir das leveduras vermelhas (monascus purpureus) e é um produto amplamente utilizado há anos na China para fins medicinais, bem como culinários. Leveduras são também usadas na feitura de pães e de algumas bebidas alcoólicas, como a cerveja.

Leia mais: Levedo de cerveja: propriedades, benefícios e como consumir

Benefícios do fermento de arroz vermelho

Colesterol controlado

Seu principal benefício para a saúde é a forma como ajuda no controle do colesterol. Dessa maneira, seu consumo atua na prevenção de doenças cardiovasculares, especialmente aquelas ligadas à pressão arterial.

Leia também: Água de arroz: O que é, para que serve e benefícios

Fígado saudável

Não é apenas o coração que se beneficia do consumo do fermento, mas o fígado também. O produto trabalha a favor da limpeza do órgão e previne que ele seja sobrecarregado por toxinas e excesso de gordura.

Intestino funcionando

Além disso, produtos fermentados de forma geral beneficiam a saúde e o funcionamento do intestino. Por isso, o fermento de arroz vermelho também facilita a digestão.

Leia também: Tepache: Conheça a bebida fermentada e seus benefícios

Como consumir

  • Na forma de pó
  • Como tempero culinário
  • Cápsulas de suplementação

Leia mais: Vinagre de arroz: Como é feito e seus benefícios

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo