Feijão-de-porco: O que é e benefícios de consumir a leguminosa

O feijão-de-porco é uma leguminosa fonte de minerais, em especial ferro e potássio. Pouco conhecido pelo público geral, seu cultivo é mais popular em regiões tropicais e é, por definição, considerado uma PANC (Planta Alimentícia Não Convencional), uma vez não apenas seus grãos podem ser aproveitados, mas suas nutritivas folhas também.

Além de poder ser incluso na dieta, pode ser usada como adubo e um herbicida natural em plantações.

Benefícios de adicionar o feijão-de-porco na alimentação

Enriquece a dieta

Assim como outras leguminosas, o feijão-de-porco é rico em minerais essenciais para a saúde do corpo humano. Por exemplo, ele contém grande quantidade de ferro, fósforo, cálcio e potássio, que fortalecem a imunidade.

Previne a anemia

Justamente por conter uma grande quantidade de ferro que o consumo da leguminosa pode ajudar a prevenir um quadro de anemia. A anemia é principalmente causada pela baixa ingestão desse importante mineral.

Combate a constipação

Além dos minerais, esse feijão também é uma ótima fonte de fibras. Por isso, ajuda a prevenir e combater a constipação, ou seja, a prisão de ventre. A constipação pode provocar o inchaço estomacal, entre outros efeitos colaterais. Da mesma maneira, um intestino regulado é também benéfico para a saúde hormonal e cardiovascular.

Como incluir o feijão-de-porco na dieta

  • Junto ao arroz;
  • Em saladas;
  • Caldos e sopas;
  • Receitas veganas e vegetarianas ;
  • Bolinho de feijão ;
  • Tutu e feijão tropeiro.

Leia também: Broto de feijão: O que é, benefícios e propriedades

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo