Farinha de grão-de-bico: Benefícios e como fazer

A farinha de grão-de-bico é uma das alternativas à farinha de trigo. Feita a partir de uma das mais nutritivas leguminosas, ela é uma opção sem glúten, sendo assim, pode ser consumida por celíacos e intolerantes. Além disso, pode ser feita em casa e substitui a farinha tradicional nas mais diversas receitas

Além de não conter glúten, essa farinha é rica em minerais importantes como magnésio, cobre, ferro e manganês. Ainda, é uma boa fonte de vitaminas, proteína e fibras. Por isso, incluir a farinha na dieta pode trazer benefícios para a saúde.

Os benefícios de incluir a farinha de grão-de-bico na dieta

Pode ajudar no emagrecimento

Grande fonte de fibras, a farinha ajuda a promover uma longa sensação de saciedade, o que nos previne de comer em excesso. Além disso, ajuda a melhor regular o intestino. Sendo assim, previne a constipação (prisão de ventre) e seu consequente inchaço abdominal.

Leia mais: Farinha de frutas: As mais famosas e benefícios

Ganho de massa magra e músculos saudáveis

Buscar a hipertrofia na academia é um objetivo comum de muitas pessoas. Ou seja, ganhar massa magra. Para isso, é preciso mais do que ter uma rotina consistente de exercícios, mas também manter uma dieta equilibrada e rica em proteína. Nesse caso, o grão-de-bico, bem como a farinha feito a partir dele, é uma boa adição para a dieta de ganho, uma vez que essa é uma leguminosa rica em proteína vegetal.

Ossos fortes

Também é uma fonte de cálcio, o que ajuda a garantir a força e firmeza dos ossos, bem como das unhas e também dos músculos. A aparência e a saúde dos fios de cabelo também são beneficiadas. Pode ajudar a prevenir a osteoporose.

Previne a anemia e as câimbras

Fonte de ferro, a farinha de grão-de-bico pode ajudar a prevenir a anemia – condição causada por uma dieta pobre nesse mineral. Além disso, por também conter grande quantidade de magnésio e fósforo, previne câimbras, contrações involuntárias dos músculos que costumam surgir após exercícios intensos, refeições ou até mesmo durante o sono.

Leia também: Farinha de berinjela: Benefícios da alternativa low carb

Como incluir a farinha de grão-de-bico na alimentação

  • Pães caseiros
  • Tortas e quiches
  • Falafel
  • Bolos
  • Doces
  • Hambúrguer vegano ou vegetariano

Como fazer farinha de grão-de-bico

Ingredientes:

  • 500 g de grão-de-bico
  • Água

Modo de preparo

Colocar o grão-de-bico em um recipiente e cobrir com água, deixando de molho entre 8 e 12 horas. Após esse período, deve-se escorrer a água e espalhar os grãos-de-bico sobre um pano limpo, para ajudar a retirar o excesso de água. Em seguida, espalhar os grãos-de-bico em uma assadeira e levar ao forno pré aquecido a 180 º C, deixando assar por cerca de 40 minutos ou até dourar, mexendo de vez em quando para não queimar. Retirar do forno e deixar esfriar.

Bater os grãos-de-bico no liquidificador até virarem uma farinha. Passar a farinha por uma peneira e levar novamente ao forno baixo por 15 minutos para secar totalmente (mexer a cada 5 minutos). Esperar esfriar e guardar em um recipiente vidro limpo e bem fechado.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo