Farinha de banana: Benefícios e como consumir

Quando o assunto é substitutos para a farinha de trigo, a farinha de banana é uma das mais que mais cresce em popularidade e consumo. 

O ingrediente é exatamente o que seu nome sugere: uma substância semelhante à farinha branca, feita de banana. Assim, o resultado é um produto levemente doce, que é versátil o suficiente para funcionar em praticamente qualquer receita que exija farinha de trigo para todos os fins. Porém, como é densa e sem grãos, você pode precisar de meia colher de chá de bicarbonato de sódio para que os bolos cresçam com ela.

Benefícios da farinha de banana

Do ponto de vista da saúde, existem alguns benefícios importantes em trocar a farinha branca pela de banana. Dois grandes pontos positivos são o fato de adicionar fibra e potássio à receita. 

Também, ela é baixa no índice glicêmico, o que significa que não aumentará os níveis de açúcar no sangue. Isso ocorre porque as bananas verdes são usadas para fazer a farinha. Assim, até as bananas amadurecerem, elas produzem uma quantidade maior de açúcar natural. Da mesma maneira, a fruta contém amido resistente, que funciona como um prebiótico, alimentando as boas bactérias no intestino.

Outra vantagem é que é uma alternativa livre de glúten e oleaginosas, dois causadores de alergias alimentares que impedem muitas pessoas de desfrutar de produtos ​​tradicionais, como pães e bolos. 

Contudo, no que se refere a outras farinhas populares sem glúten no mercado, existem prós e contras. A farinha de amêndoa e a de aveia, por exemplo, são mais ricas em proteínas. Mas, não possuem o amido resistente e prebióticos da versão com banana. Também, enquanto a farinha de banana tem potássio, a de amêndoa é mais rica em vitamina E, e as farinhas de trigo sarraceno e milheto têm mais ferro.

Valor nutricional

Por porção de 1/4 de xícara, a farinha de banana oferece:

  • 90 calorias;
  • 0 g de gordura (0 g saturada);
  • 1 g de açúcar;
  • 10 mg de sódio;
  • 2 g de fibra;
  • 1 g de proteína.

Leia também: Dieta da longevidade: O que comer para viver mais e melhor

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.