Melhores exercícios para quem sofre de enxaqueca

Se você tem enxaqueca e sentiu que as dores pioraram durante o treino, saiba que pode estar relacionado ao exercício realizado. A enxaqueca é uma doença crônica que envolve diversos sintomas um tanto quanto desagradáveis. Esses sintomas surgem na forma de dor de cabeça de intensidade variável, muitas vezes acompanhada de náuseas e sensibilidade à luz e ao som.

Por que os exercícios afetam a enxaqueca?

Existem diversas razões para o exercício físico piorar ou aliviar as dores de cabeça. Assim, treinar sem ter feito uma refeição antes causa uma grande queda no nível de açúcar no sangue, contribuindo para o surgimento da enxaqueca, por exemplo.

Dessa maneira, iniciar os treinos na academia sem um planejamento de um especialista também agrava as dores de cabeça da enxaqueca. Isso porque há muita procura de oxigênio no corpo.

Há também a dor de cabeça por esforço, que pode surgir após qualquer atividade física. Mas, essas dores costumam ser frequentes quando o exercício é de alta intensidade. Ademais, quando a causa está ligada aos exercícios físicos, normalmente duram entre 5 minutos a 48 horas.

Além disso, é importante ressaltar a importância da hidratação antes, durante e depois de treinar. Sem água, o organismo não funciona apropriadamente, o que pode levar a dores. Portanto, garanta que, todos os dias, você consuma ao menos 8 copos de água mineral ou filtrada.

Dicas de exercícios para quem tem dores de cabeça

Segundo um estudo publicado no The Journal of Headache and Pain, a atividade aeróbica é eficaz na redução dos sintomas da enxaqueca. Os exercícios aeróbicos incluem natação, ciclismo, corrida, polichinelo, entre muitos outros. Outra dica importante é realizar algum tipo de atividade física que você goste, mas sempre se atentar a suas limitações.

Leia mais em: Exercícios aeróbicos: Os melhores para fazer em casa

Ainda, enquanto você estiver se exercitando, lembre-se de observar a sua postura para não causar estresse na cabeça, pescoço e ombros. O que, consequentemente, pode gerar a enxaqueca.

Dessa maneira, para obter os resultados desejados do treino sem se preocupar com a enxaqueca, o indicado é praticar exercícios de intensidade moderada 30 minutos, 3 vezes por semana.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo