Estresse: Saiba como ele pode afetar a imunidade

O estresse é um sentimento natural do ser humano, é uma resposta do organismo frente a um perigo, que prepara o corpo para fugir e lutar. No entanto, o estresse crônico – que permanece com você por longos períodos de tempo – pode causar danos físicos. 

Isso porque, quando nossos corpos passam por esse nível crônico de estresse, em seguida, nossa resposta do sistema imunológico é suprimida. Assim, nos tornamos mais suscetíveis a doenças.

As células imunológicas do corpo são programadas para detectar ameaças como bactérias e vírus para destruí-las. Portanto, quando esse sistema é desligado, o corpo luta para combater esses “invasores”, deixando-nos vulneráveis. Além disso, a tensão emocional pode dificultar a manutenção de hábitos saudáveis que ajudam a apoiar a imunidade, como dormir o suficiente e fazer uma dieta equilibrada.

O que fazer para reduzir o estresse?

Primeiro, é importante concentrar-se em dormir de sete a nove horas por noite. Dessa forma, se você não está dormindo o suficiente, consequentemente você ficará mais estressado. Tente definir um alarme no telefone para sinalizar quando é hora de encerrar as atividades e, em seguida, guarde os dispositivos e entre em uma rotina relaxante para dormir.

Leia mais em: Como lidar com o estresse

Durante o dia, concentre-se em outros hábitos que podem ajudar a manter os níveis de estresse baixos. Como, por exemplo, exercitar-se, sair e se envolver em atividades como colorir, desenhar e meditar. Se as redes sociais estão contribuindo para o seu estresse, talvez seja hora de definir alguns limites também.

Dito isso, se você ainda está lutando para controlar o estresse, converse com seu médico ou terapeuta que poderá te ajudar a encontrar maneiras mais eficazes de lidar com o problema.

Leia também: O poder da afirmação para a saúde mental na pandemia

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo