fbpx

Quando o estresse e a ansiedade podem ser bons

É quase impossível viver sem passar por algum momento de estresse e ansiedade na vida. Ambas são uma respostas do corpo humano a um estímulo. Entretanto, se isso é recorrente e já está em um nível elevado, gera graves consequências. Com por exemplo doenças cardíacas, diabetes, problemas gastrointestinais e insônia.

Quando o estresse e ansiedade podem ser benéficos 

Muitas pessoas enxergam o estresse e ansiedade como algo negativo, o que não surpreende, já que os dois podem ser prejudiciais tanto para a saúde mental quanto para a física. 

Leia também: Diferença entre nervosismo e ansiedade

No entanto, se esses estressores forem moderados e a curto prazo, podem ser benéficos para a saúde. Segundo pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, tais sensações podem ser usadas para estimular a atingir metas.

O resultado da análise concluiu que se os indivíduos puderem aprender a utilizar o estresse de maneira positiva, isso não apenas ajudará a mitigar os resultados negativos que as pessoas estão enfrentando, como também resultará em melhor bem-estar, mais produtividade e crescimento pessoal.

Estresse e ansiedade são motivadores

Da mesma forma que o estresse pode causar diversos problemas, também pode ajudar a mantê-lo em alerta e concentrado, ajudando até a melhorar a memória.

Da mesma maneira, a ansiedade mantém você alerta, desde que não esteja fora de controle. Além disso, ajuda a estudar, ensaiar, e traz motivação para crescer e se tornar melhor na vida profissional e pessoal.

Porém, se você se sente sobrecarregado pelo estresse e isso está começando a afetar sua saúde de alguma forma, o recomendado é procurar um profissional especializado que use estratégias de como controlar esse sentimento.

Leia mais em: Como lidar com o estresse

Já para o gerenciamento da ansiedade, algumas pessoas podem encontrar alívio em livros de autoajuda que o ajudarão a desafiar seus próprios pensamentos irracionais. Mas, se essa abordagem não der resultados, o melhor é ter um acompanhamento profissional para que não vire algo mais grave.

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Elimine até 7kgs em apenas 6 semanas!

 
 

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo