Como manter corpo e mente em equilíbrio

Equilíbrio emocional nos ajuda a identificar os problemas e a reagir de forma a encontrar soluções mais concretas. Pois, o estresse e falta de controle emocional não resolvem problema nenhum, muito pelo contrário. Assim, é a nossa capacidade de lidar com situações complicadas com consciência, calma e ponderação. As adversidades da vida são inevitáveis e diárias. 

A mente é o lugar da atividade psíquica, considerada na sua totalidade e engloba operações conscientes e não conscientes. Não é, portanto algo material, uma coisa, mas sim algo imaterial, que não se vê, nem pode se tocar.

Mas, um sintoma muito comum e que acomete muitas pessoas, principalmente quem está acima do peso e não está feliz com o seu corpo é quando ocorre “separação mente-corpo”. Essa separação afasta o ser humano de sua consciência, do controle de seu trabalho ou do seu corpo. A esse fenômeno damos o nome de “alienação corporal”. Alienação corporal é esse afastamento do ser humano em relação ao próprio corpo.

Isso ocorre quando há a perda da integração corpo e mente, o corpo está lá, funciona fisiologicamente, mas perdemos o controle sobre ele. Com isso, este corpo, estranho ou ausente, engorda, emagrece, executa mecanicamente ações motoras, mas não está incorporado à representação do indivíduo de si mesmo.

Portanto, a alienação corporal é a forma mais grave de alienação, já que não temos como parte de nós nosso próprio corpo, não o reconhecemos como se mostro e apresente.

Como despertar para o equilíbrio 

Ao atentar para o fato de que somos uma tríade e que nenhuma parte funciona bem sem a outra, viramos a chave interna para os bons hábitos.  Alimentação adequada e equilibrada, sono com qualidade, prática de exercícios físicos, ingestão suficiente de água e outros cuidados necessários para a manutenção benéfica de nosso meio físico.

Contudo, uma vida plena não pode ser vivida se todos os meios não estiverem em harmonia. Tão importante quanto cuidar da mente e manter acesa a chama da espiritualidade é desenvolver diariamente hábitos amorosos e cuidadosos com o corpo.

Por isso, descubra o que lhe faz bem, investigue seus gostos pessoais e veja de que forma cuidar de seu corpo, ou seja, de você, pode ser prazeroso. A descoberta pode ser surpreendente. 

Dicas para um melhor equilíbrio corpo e mente

Preocupe-se com a saúde

Isso inclui bem-estar físico e mental, não somente a aparência. Dessa forma, a percepção será diferente da imagem refletida no espelho. 

Se as palavras estão te sufocando é hora de se expressar

Não é possível manter em silêncio todos os sentimentos e emoções. Portanto, evite remoer sentimentos mal resolvidos, histórias inacabadas que te levam a desenvolver pensamentos negativos.

Assim, procure pessoas de sua confiança para dividir seus temores, expressar sentimentos e emoções. Busque ajuda de um profissional qualificado.

Leia também: Como sair da zona de conforto – e porque é tão difícil

Direcione positivamente as emoções

Emoções como medo, raiva, tristeza e alegria, fazem parte do desenvolvimento e contribuem diretamente para a sobrevivência do ser humano. Quando bem direcionadas servem para impulsionar e proteger a pessoa de diversas situações do dia a dia. 

A capacidade de regular, controlar as emoções é necessária a fim de persistir num determinado objetivo. Além disso, controlar a emoção concorrente é necessário para evitar que ela o leve a comportamentos que serão agradáveis em curto prazo, mas danosos a longo prazo.

Concentre-se em você

O grande obstáculo para identificar e reconhecer nossos próprios estados emocionais é que quase nunca paramos para prestar atenção neles.

As emoções nos fornecem informações, dados sobre os nossos julgamentos, como estamos avaliando determinada situação pessoas, idéias.

A melhor forma é parar de voltar toda a atenção para o externo, para o “outro” e concentrar-se para dentro de si.

Quando falamos em dar atenção a si mesmo significa ouvir-se. Prestar atenção ao que sente a fim de perceber suas necessidades e vontades.

Confie em você e em suas capacidades

Pessoas que não reconhecem suas habilidades e competências têm muita dificuldade de acreditar que algo possa dar certo. Portanto, reforce o seu melhor, sem cobranças e julgamentos.

Busque o autoconhecimento para encontrar equilíbrio

Por fim, para manter o equilíbrio, é importante conhecer a si mesmo. Sua história, personalidade, qualidades, seus pontos fortes e também suas fraquezas. Além disso, é preciso saber como se relaciona e se comporta em relação ao fato de se sentir inseguro, quais os gatilhos. Tudo se faz importante nesse processo para identificar onde está sua insegurança. A partir daí, promover pequenas mudanças para ir alterar essa condição.

Leia também: Como criar bons hábitos e atingir objetivos