Duatlo: O que é, benefícios e como funciona

Se você gosta de correr e pedalar, o duatlo pode ser uma ótima opção. Este exercício é uma variação do triatlo, mas o duatlo inicia com a corrida

O duatlo teve início na Europa e não há a opção de natação, pois alguns atletas tiveram dificuldades em nadar durante o inverno. Dessa maneira, primeiro o atleta inicia a corrida e, em seguida, a etapa do ciclismo.

Geralmente, a competição tradicional tem funciona com 10 km de corrida, 40 km de pedal e mais 5 km de corrida. Portanto, é uma atividade física de alta intensidade. 

Benefícios

Por ser um exercício aeróbico, um dos maiores benefícios do duatlo é a queima de calorias ao longo do treino. 

Assim como na musculação, o duatlo aumenta a resistência física e força muscular. A modalidade é feita de forma alternada. Portanto, durante a prática, é possível trabalhar um grupo muscular enquanto o outro descansa. Os músculos das pernas, coxas, glúteos e abdômen são os mais envolvidos. 

Além disso, o esporte também ajuda a ter mais disposição e aumenta a circulação sanguínea, melhorando o sistema cardiorrespiratório. Ainda, de acordo com especialistas, é possível observar melhoras em quadros de depressão e ansiedade.

Leia também: Triatlo: O que é, como funciona e quais os benefícios

Como funciona o duatlo

Antes de mais nada, é essencial ter uma avaliação médica antes de iniciar o duatlo. Os exames realizados são necessários para descobrir como está sua saúde e seu condicionamento físico.

Sendo assim, respeite sempre o seu limite. Siga as etapas corretamente e prepare o seu corpo para o esforço contínuo. Inicie o esporte poucas vezes na semana e, ao longo do tempo, aumente a frequência.

Apesar de a maioria das pessoas fazer ao ar livre, o duatlo também pode ser feito na academia, com uma combinação de bicicleta e esteira. Os resultados surgem em ambas opções.

Ademais, lembre-se de ter uma dieta (emagreça com o Tecnonutri) balanceada e beber muita água antes e durante a prática, para evitar desidratação. 

É importante ter o auxílio de um instrutor. Mas os iniciantes podem seguir o exemplo abaixo durante uma semana:

  • Segunda: Reserve esse dia para descansar. 
  • Terça: 30 minutos de caminhada leve.
  • Quarta: 30 minutos de ciclismo em ritmo médio e, depois, 15 minutos leve.
  • Quinta: 10 minutos de bicicleta em alta intensidade, em seguida, 10 minutos leve e 30 minutos médio. Após, faça 30 minutos de caminhada.
  • Sexta: 30 minutos corrida suave.
  • Sábado: 2 horas de pedalada em um nível de baixa intensidade.
  • Domingo: Por fim, 90 minutos de pedalada mais 20 minutos de corrida leve.

Leia também: Triatlo indoor: Conheça a nova tendência fitness

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo