fbpx

Frutas e vegetais diuréticos naturais que ajudam a desinchar

Alimentos diuréticos ajudam o corpo a se livrar do excesso de líquidos, principalmente água, e do sal, cujo principal efeito é inchaço no abdômen e nos membros inferiores. Eles atuam estimulando os rins a liberar sódio na urina, proporcionando alívio da retenção de líquidos, pressão alta e outras condições. 

Vários fatores podem causar retenção líquida, incluindo alimentação rica em sódio, alterações hormonais e sedentarismo. Mas a boa notícia é que algumas frutas, verduras e legumes ajudam o bom funcionamento dos rins, facilitando a filtragem realizada pelo órgão, limpando as toxinas do organismo através da urina. 

Tais alimentos são uma forma natural de desinchar e, consequentemente, diminuir medidas e parecer mais magro. Confira: 

Aspargos

Desde o tempo dos antigos gregos e romanos, os aspargos têm sido usados ​​por suas propriedades diuréticas. Os efeitos diuréticos do vegetal vêm do aminoácido asparagina e tem sido usado para tratar o inchaço, reumatismo e retenção de água pré-menstrual.

Beterraba

A beterraba é rica em potássio, o que ajuda a eliminar líquidos. A betanina, que dá cor às beterrabas, tem sido associada a níveis mais baixos de proteína C-reativa, tornando o legume um potente anti-inflamatório para o corpo. 

Repolho

A popular “dieta da sopa de repolho” fornece as propriedades diuréticas do repolho, juntamente com seu alto teor de fibra e água para promover a perda de peso. Os romanos usavam o vegetal para ressacas e para ajudar os alcoólatras a eliminar o álcool do organismo. Repolho roxo também é um anti-inflamatório, pois contém antocianinas.

Aipo

Hipócrates, considerado o pai da medicina, recomendava o aipo para eliminar o excesso de líquido. Agora os cientistas identificaram que os ftalídeos desse vegetal contribuem para o seu efeito diurético. Os níveis de ácido úrico no organismo são reduzidos pelos inibidores de COX-2 no aipo, o que o torna uma opção de tratamento ideal para o edema da gota, que resulta do excesso de cristais de ácido úrico que se acumulam nas articulações.

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Elimine até 7kgs em apenas 6 semanas!

Cranberry

Os nativos americanos identificaram os efeitos diuréticos dos cranberries, usando-os para tratar uma série de condições, incluindo o escorbuto, que eles acreditavam ter sido causado pelo excesso de sal. O suco de cranberry tem sido usado por mulheres em todo o mundo para prevenir e tratar infecções do trato urinário e outros distúrbios da bexiga. A fruta é especialmente benéfica para a remoção de líquidos sem eliminar o potássio.

Leia também: 7 benefícios do cranberry

Pepino

Pepinos têm enxofre e silício que aumentam a micção, estimulando os rins a remover o ácido úrico. Fonte de água e potássio e com baixo teor de sódio, esse legume também inibe a produção de ácido nítrico e enzimas inflamatórias, reduzindo assim o inchaço. Fatias de pepino podem ser usadas topicamente para aliviar o inchaço sob os olhos.

Leia também: 7 razões para comer (mais) pepino

Alho

A mesma substância química à base de enxofre que dá ao alho seu cheiro característico, a alicina, também lhe confere propriedades medicinais. O periódico americano International Journal of Pharmaceutical Sciences and Research descobriu que o alho é eficaz como diurético. Também funciona como um potente antioxidante e contribui para a degradação das gorduras.

Salsa

Especialmente como chá ou suco, é um remédio tradicional para a retenção de água. Salsa reduz a reabsorção de sais de sódio e potássio no rim. Isso causa aumento do volume de urina, o que ajuda a reduzir o inchaço.

Melancia

A melancia, com 92% de teor de água e altos níveis de potássio, também possui propriedades diuréticas. Contém o aminoácido citrulina, que relaxa os vasos sanguíneos e evita a infiltração de líquidos no tecido, reduzindo a retenção de água.

Leia também: 10 alimentos ricos em fibras

 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.