Alimentos que ajudam a diminuir o colesterol

Você já deve ter escutado que certos alimentos são úteis para diminuir o colesterol. Mas, como exatamente a dieta (emagreça com o Tecnonutri) e o colesterol estão conectados?

Todos temos dois tipos naturais em nosso corpo: HDL, que é o colesterol bom, e o LDL, o tipo “ruim”

Em geral, ter um HDL alto é saudável, enquanto ter um LDL alto está associado a um risco aumentado de doenças, incluindo problemas cardíacos. 

Isso ocorre porque o LDL tende a entupir e endurecer as artérias, enquanto o HDL transporta o LDL das artérias para o fígado para ser eliminado do corpo. O HDL também protege contra danos aos vasos sanguíneos.

Especialistas costumavam pensar que a ingestão de alimentos ricos em colesterol – como gema de ovo e camarão – aumentava os níveis totais de colesterol no sangue. Pesquisas mais recentes mostraram que isso não totalmente é verdade.

Mas o que sabemos com certeza é que outros alimentos (como aveia e amêndoas) podem ajudar a diminuir o colesterol ruim e, assim, reduzir a chance de doenças cardíacas. 

Veja o que incluir no cardápio para diminuir o colesterol:

Leguminosas

Alimentos como feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico são eficazes no auxílio do controle do colesterol. 

Um estudo publicado no Canadian Medical Association Journal descobriu que um quarto de xícara de leguminosas diariamente reduz o LDL em 5%. Isso pode não parecer muito, mas é uma queda significativa.

Versáteis, as leguminosas podem ser consumidas de várias formas, incluindo cozidos, saladas, sopas, homus, farinhas e outros. 

Leia também: Grão-de-bico: Benefícios e como consumir

Abacate

Em um estudo da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, os pesquisadores colocaram adultos com excesso de peso em uma dieta de baixa ou moderada ingestão de gordura, com ou sem abacate. Enquanto a dieta com baixo teor de gordura reduziu o LDL em 7 mg / dL, as dietas com gordura moderada produziram resultados ainda melhores: os que não consumiram a fruta tiveram uma redução de 8 mg / dL no LDL e o grupo do abacate teve uma redução de 14 mg / dL .

Leia também: Abacate: benefícios para a saúde e como incluir na

Aveia

Em um estudo tailandês, as pessoas com colesterol alto receberam aveia ou mingau de arroz por quatro semanas. As pessoas que consumiram aveia tiveram uma redução de 5% no colesterol total e uma redução de 10% no LDL.

Amêndoa

Uma pesquisa publicada no periódico americano Journal of Nutrition descobriu que entre os pacientes com doenças cardíacas que estavam consumindo 10 gramas de amêndoas antes do café da manhã (cerca de 8 unidades) aumentaram significativamente os níveis de HDL. Na semana 6, os valores de colesterol bom dos voluntários foram 12-14% mais altos e na semana 12 foram 14-16% mais altos.

Leia também: Amêndoa: Motivos para consumir uma porção todos os dias

Chá verde

Uma estratégia para reduzir o risco de doenças cardíacas é diminuir o colesterol sem também diminuir o HDL, e o chá verde parece fazer o truque. Uma meta-análise de pesquisa publicada no American Journal of Clinical Nutrition descobriu que o consumo de chá verde reduziu significativamente os níveis de colesterol total (em mais de 7 mg / dL) e reduziu significativamente os valores de LDL (em mais de 2 mg / dL) sem nenhum efeito no HDL.

Leia também: Chá verde emagrece e acelera o metabolismo

Revisado por

Nutricionista Vanessa Losano
Vanessa Losano
Nutricionista e coach de emagrecimento
CRN3 34283

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.